Os mercados tradicionais se recuperaram quase totalmente de sua forte retração no meio de março. Parece que os efeitos adversos do novo coronavírus estão ficando para trás.

Já havíamos tocado nesse assunto no artigo “Por que as bolsas estão subindo se estamos em uma crise?“, mas os principais índices continuam subindo constantemente, o que pode estar acontecendo?

S&P 500 está apenas 10% abaixo dos níveis de fevereiro

Atualmente, o S&P 500 está sendo negociado acima de 3.000 pontos-base, representando um aumento de cerca de 2% no dia. O mais interessante é que caiu apenas 11% em relação ao preço mais alto de todos os tempos de 3.386 pontos-base em 19 de fevereiro de 2020.

Menos de um mês após seu ATH, o S&P caiu para 2.237,40 em 23 de março. Isso significa que, em cerca de dois meses, o índice teve que subir quase 35% para atingir seu nível atual – uma recuperação impressionante, de fato.

Coinext 760x150

 

Por outro lado, existe o NASDAQ 100 – outro índice de destaque que também alcançou seu valor mais alto de todos os tempos em 19 de fevereiro. Naquela época, o índice era negociado em torno de 9.718 antes de cair para 6.994 em 20 de março.

Desde então, o NASDAQ 100 aumentou mais de 35% para atingir seus níveis atuais em 9.454 pontos-base – apenas 3% a menos que seu maior valor histórico. A crise acabou?

Gráfico do preço do TradingView. Recuperação em V?
S&P 500 acima dos três mil pontos. Fonte: TradingView.

+ LEIA MAIS: Pedidos de seguro-desemprego chegam a 2,4 milhões na última semana nos EUA

Alta induzida pelo Fed?

Como as ações estavam caindo no final de março, muitos especialistas acreditavam que isso levaria a uma catástrofe financeira. O Bank of America reduziu em 16% as metas do S&P 500 para 2020 e classificou a situação como a “mais profunda recessão pós-guerra” já registrada.

O Credit Suisse também reduziu consideravelmente suas metas anuais para o S&P 500, colocando um preço de 2.700 no final do ano – queda de cerca de 20% em relação a sua alta histórica.

Embora seja verdade que estamos no início do ano e os efeitos adversos do coronavírus nas economias ainda não sejam totalmente sentidos, a recuperação atual apresenta algumas questões.

Pela primeira vez, essa recuperação em forma de V se parece muito com uma bomba artificial causada pela impressão maciça de dinheiro em nome do Banco Central dos EUA, o Fed.

O renomado economista Peter Schiff explicou por que a atual recessão será pior que a crise financeira de 2008. Ele disse que o coronavírus foi apenas o alfinete que estourou a bolha e a gigantesca dívida é o verdadeiro problema.

Enquanto isso, o Bitcoin continua sua narrativa de dissociação, pois os últimos dias foram bastante negativos para a criptomoeda. Nos últimos sete dias, perdeu quase US$ 1.000 do seu valor, sendo negociado agora a US$ 8.796.


Invista em criptomoedas com segurança, alta liquidez e as menores taxas do mercado.

NovaDAX: a exchange mais completa do Brasil com mais de 25 criptomoedas listadas e a melhor nota de atendimento ao cliente.

Conheça novadax.com.br