Os faucets permitem que você ganhe criptomoedas de graça, muitas pessoas conseguiram ganhar vários bitcoins, mas é preciso ter cuidado, pois, muitos são apenas golpes bem elaborados.

  • Faucets não são fraudes, Satoshi apoiava os faucets;
  • Lista de faucets de bitcoin e criptomoedas;
  • Não caia em golpes;

A história dos Faucets de Bitcoin

Gavin Andresen, criador do primeiro faucet do bitcoin
Gavin Andresen

Antes de existir corretora de criptomoedas, negociadores p2p, OTC ou serviços de escrow, conseguir Bitcoin não era nada fácil. Sua escolha era mendigar por bitcoins nos fóruns ou ir tentar minerar.

Por essa razão, Gavin Andresen, o antigo chefe de desenvolvimento do Bitcoin Core, resolveu criar um projeto que, à primeira vista, parece estúpido, as torneiras de bitcoin (faucets).

“No meu primeiro projeto de codificação Bitcoin, decidi fazer algo que parece realmente idiota. Eu criei um site que oferece bitcoins de graça.”, disse Gavin.

Primeiro faucet de bitcoin
Free Bitcoins, o primeiro faucet de Bitcoin

A torneira de Gavin dava 5 bitcoins por dia, até 2011 ele distribuiu 19700 bitcoins. O próprio Satoshi Nakamoto, criador do Bitcoin, elogiou a ideia:

“Excelente escolha de um primeiro projeto, bom trabalho. Eu tinha planejado fazer exatamente isso se alguém não o fizesse; portanto, quando ficar muito difícil para os mortais gerar 50 BTC, os novos usuários podem obter algumas moedas para brincar imediatamente.”

As torneiras de criptomoedas não são “almoço grátis” e sim uma forma de aumentar o uso e fazer propaganda da tecnologia.

Como conseguir criptomoedas de graça?

Primeiramente, você muito provavelmente não vai ficar rico pegando criptomoedas de faucets. Vale muito mais a pena estudar sobre o mercado, entender sobre trade e outros assuntos — comece pelo Cointimes Research | Bitcoin.

Mas vale bastante a pena se seu interesse é conhecer a tecnologia ou apresentar para seus amigos. Então vamos aos principais faucets de criptomoedas.

Lista de faucets

Abaixo compilamos uma lista de faucets, guarde esse post nos favoritos, pois vamos atualizá-la sempre que um novo faucet surgir.

Freebitcoin: Esse faucet é um dos mais antigos, funciona mais ou menos como um cassino, mas você tem alguns satoshis de graça a cada 60 minutos, e você pode apostá-los para tentar multiplicá-los ou comprar tickets de loteria para tentar ganhar uma bolada de cerca de 0,3 BTC. Você pode começar a jogar em Freebitco.in.

Faucet do Bitcoin Cash: Roger Ver, conhecido como Jesus do Bitcoin, já distribuiu milhares de bitcoins ao longo dos anos. No site Bitcoin.com você pode ganhar frações de BCH ao completar algumas tarefas simples.

Faucet da Nano: Por não ter taxas de transação, a Nano é perfeita para distribuição em faucets. Aliás, grande parte das nanos foram distribuídas dessa forma no início do projeto. Instale uma carteira da Nano e receba frações da criptomoeda no nano-faucet.org.

LN BTC: As torneiras de BTC são praticamente inexistentes, altas taxas de transação tornam o uso de faucets bem dificultado. Entretanto, você pode testar a segunda camada de transações do BTC e receber uma fração de centavo via fixedfloat (leia o texto até o final antes de usá-lo).

ZenCash/Horizen: Horizen é um fork do Zclassic, que, é um fork do ZCash, que é um fork do Bitcoin. Ufa! A criptomoeda tem um faucet oficial em seu site, o getzencash.

Monero – Atualmente a criptomoeda mais temida do planeta não tem um faucet oficial. Contundo, você ainda pode testar a tecnologia com o faucet da rede de testes, o xmr.to.

Cuidado ao usar faucets

Talvez os faucets sejam o melhor caminho para começar a testar algumas tecnologias, mas nem tudo são rosas e criptos. Provavelmente, muitas das torneiras estão populadas com ‘malwares’ e vírus prontos para atacar.

Por essa razão que é recomendado apenas usar faucets de sites confiáveis. Acima de tudo, ter ciência de que alguns faucets querem apenas o seus dados, como é o caso do FixedFlow.

Portanto, ao entrar ou usar uma torneira de criptomoedas, tome medidas de segurança e fique atento aos dados solicitados. Use-as para testar as criptomoedas.

Ganhando criptomoedas de graça fazendo compras

Uma segunda alternativa para receber criptomoedas sem gastar nada mais por isso é ativando o cashback do CoinGoBack, um produto do Cointimes para os leitores!

Assim, quando você fizer compras on-line na Amazon, Magalu ou simplesmente pagando seu Netflix, você recebe Bitcoin, Nano ou Ethers por isso.

O Coingoback funciona da seguinte maneira: As lojas pagam para anunciar no site, e então este valor é dividido com o usuário, que é pago em criptomoeda. Simples assim. Todo mundo ganha.

Gostou da ideia? Crie sua conta agora mesmo no CoinGoBack.