Os analistas da Weiss Ratings, empresa fundada em 1971 que agora atua também no mercado de cripto, estão prevendo uma migração de ativos de um trilhão de dólares de títulos governamentais para Bitcoin e ouro.

Em uma nova postagem sobre a macroeconomia, Juan Villaverde e Bruce Ng afirmam que os títulos perderam seu brilho nos mercados financeiros.

Como regra, os investidores institucionais têm tradicionalmente alocado 30% de sua carteira em títulos como uma proteção contra quedas insanas do mercado, no entanto, como o cenário econômico mudou, Villaverde e Ng dizem que essa estratégia está claramente desatualizada.

“… o hedge não funciona mais. Isso se deve a décadas de hipercrescimento nos mercados de dívida mundiais. Isso mais a impressão maciça de dinheiro para evitar que eles entrem em colapso… mudou totalmente o cenário financeiro.

Depois da inflação, os rendimentos dos títulos do governo estão próximos (ou abaixo) de zero – e continuarão sendo no futuro previsível. Mesmo antes de subtrair a inflação, os rendimentos já estão próximos de zero ou negativos. Como resultado, o hedge clássico de títulos agora está quebrado.”

Os analistas destacam o fracasso dos títulos para sustentar os ativos da empresa durante o despejo da Covid-19 na primavera passada. Embora eles tenham tido uma pequena bomba durante a queda do mercado, os ganhos totalizaram apenas um terço da queda que o S&P 500 sofreu.

À medida que sua utilidade aparentemente diminui, os analistas esperam que pelo menos uma fração dos fundos tradicionalmente alocados para títulos se transforme em Bitcoin e ouro.

“No momento em que escrevemos, cerca de US$ 30 trilhões estão em títulos do governo. Suponha que 10% dessa quantia vá para ouro e Bitcoin. Isso resulta em um êxodo de US$ 3 trilhões. E se isso for dividido igualmente, acabaríamos com…

US$ 1,5 trilhão indo para ouro – o que é 15% da capitalização de mercado do ouro. E US$ 1,5 trilhão indo para o Bitcoin – o que é 4,4 vezes seu valor de mercado.”

Outros analistas de mercado concordam com as conclusões do colega. Preston Pysh disse a seus 120.000 seguidores no Twitter que aqueles que acreditam que a narrativa mais importante do Bitcoin do momento é que ele está substituindo o ouro, entenderam tudo errado.

“As pessoas que dizem que o Bitcoin está apenas substituindo o ouro, perdem totalmente o grande alvo. Isso é tudo sobre títulos. Boa sorte para convencer as pessoas que possuem 100 trilhões em títulos – que não rendem nada – a continuar segurando quando seu valor de face futuro e cupons estiverem presos em um “valor” fiduciário fixo.”

O fundador da DTAP Capital, Dan Tapiero, respondeu a Pysh concordando:

“Obrigado Preston. As pessoas que não são do mercado financeiro não entendem que temos uma escassez de reservas de valor disponíveis nos mercados. Ou seja, não há um número suficiente deles disponível para investidores.”

Embora nenhum dos analistas afirme que o Bitcoin substituirá o ouro inteiramente, se o ouro e o Bitcoin receberem igualmente uma fração dos fundos tradicionalmente investidos em títulos, o Bitcoin terá a ganhar com essa mudança muito mais do que o ouro, pois tem um valor de mercado muito menor.

Veja também: “Inflação está mal calculada”, diz Luis Stuhlberger, CEO do Fundo Verde

Compre Bitcoin na Coinext
Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br