O Hard Fork London da rede Ethereum entrou em ação. Foi nesta quinta-feira (5) e mesmo assim, já podemos notar os impactos dessa nova atualização no protocolo. 

A chamada EIP-1559, criada para simplificar a forma como as taxas de transação são pagas pelos usuários, envolve a “queima” de uma porção das taxas de transação.

Até agora, mais de 2371 ETH já foram queimados, conforme os dados do Etherchain. O que equivale a R$ 34.451.080,49 após 7 horas da atualização, segundo cotação do Coingolive.

Outro ponto importante a ser mencionado, é que a rede vai poder se adaptar a momentos de alta demanda. Ou seja, quando houver mais transações, haverá uma taxa-base mais alta e mais ethers serão queimados. Porém, quando a rede estiver menos congestionada, menos ethers serão queimados.

Diferente do que alguns podem pensar, a atualização não tornou o ETH um ativo deflacionário, pois a emissão de tokens ainda supera a queima. Porém, após a transição completa do algoritmo de consenso para Proof-of-Stake e queda na emissão de ethers, o Ethereum terá grandes chances de diminuir sua oferta total ao longo do tempo.

Admitindo que sua ativação ocorreu às 9h33 (horário de Brasília), desde então o preço do ether reagiu bem à novidade, sendo negociado a US$ 2.773, de acordo com o CoinGoLive (+3,92% em 24h). 

Leia Mais: 

Compre Bitcoin na Coinext
Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br