Dois bilhões de reais em BTC foram movimentados  por baleias que pagaram somente R$ 424,00 de taxa.  A movimentação de 11.203,455 BTC foi percebida pelo Documenting Bitcoin.

Foram gastos apenas R$ 424 em taxas para a confirmação das transferências. Contudo, quem enviou acabou pagando mais do que deveria para ter a certeza de que a transação seria aceita logo no próximo bloco minerado pela rede.

 Segundo nossos cálculos, o endereço bilionário poderia ter pago cerca de 12 vezes menos para atingir o mesmo resultado. Mas o que é R$300 para um endereço que movimentou R$2 bilhões? 

Isso reforça a ideia de que as criptomoedas são maneiras baratas de transferir grandes valores.

Quanto custaria uma transação bilionária fora do Bitcoin?

Uma transação internacional usando o sistema bancário tradicional pode custar de 1.5% até 6% do valor movimentado somente em taxas administrativas, mais o IOF cobrado pela Receita Federal que varia entre 0,38% e 1,1%.

Chutando baixo uma transação de R$ 2 bilhões custaria, para ser movimentada com uma taxa de 1,5%, R$ 30.000.000, mais o imposto de 0,38%, R$ 37.600.000. 

 Enquanto isso, os mineradores de Bitcoin não se importam com a quantidade movimentada, apenas com o tamanho em bytes que a transação vai ocupar no bloco e o quanto eles ganham pelo espaço ocupado no blockchain.

https://www.blockchain.com/btc/block/694294

Vale notar que o bilionário, apesar da pressa, estava usando um endereço Segwit (com o começo bc1), o que fez economizar no espaço usado no blockchain. 

Leia também:

Compre e venda Bitcoin e outras criptomoedas na Coinext
A corretora completa para investir com segurança e praticidade nas criptomoedas mais negociadas do mundo.
Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br