O Banco Central do Irã (BCI) será o primeiro do mundo a permitir o pagamento de importações com bitcoin.

Segundo o jornal Financial Tribune, o BCI já notificou as instituições financeiras sobre as regras para o uso da criptomoeda. Entretanto, nenhuma informação ou detalhes pelo Banco Central do Irão foi divulgado. 

A ideia é que as instituições notificadas possam pagar com bitcoin e outras criptomoedas que forem produzidas no país, diminuindo o ‘deficit’ monetário e contornando as sanções dos Estados Unidos impostas pela administração Trump. 

De acordo com a Coindesk, a indústria local de mineração pode estar gerando até US$2 milhões por dia em receita em criptoativos. 

mineração de btc no Irã
O Irã já é o 6° com maior hashrate na rede do bitcoin. 

Banco Central aprendeu a lição após ser queimado? 

Essa medida acontece após quase 1 ano da queima do Banco Central do Irã. A população estava insatisfeita com as políticas monetárias do país e aos gritos de “não temos dinheiro ou gasolina, para o inferno com a Palestina” queimaram o BCI. 

Leia também: População queima Banco Central do Irã, veja o vídeo

Parece que o BCI tem encontrado no Bitcoin a solução para boa parte de seus problemas. Contudo, a centralização estatal continua forte e o governo iraniano obrigou que todos os mineradores do país se cadastrassem no órgão estatal responsável. 

Compre Bitcoin na Coinext
Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br