A Comissão de Valores Mobiliários dos EUA (SEC) está novamente impactando o mercado de criptomoedas, dessa vez com uma investigação relacionada ao token BNB, da Binance.

Após processar a Ripple Labs acusando o token XRP de ser um “título não registrado”, a SEC está investigando a exchange de criptomoedas Binance por conta da venda da criptomoeda Build and Build (BNB), anteriormente chamada de “Binance Coin”.

Com o anúncio da investigação, o token BNB sofreu uma queda de 8,3% apenas nas últimas 24 horas, segundo dados do Coinmarketcap. No gráfico semanal, a criptomoeda cai em 10,8%.

De acordo com um relatório da Bloomberg publicado na segunda-feira (6), o órgão de vigilância dos EUA está analisando a oferta inicial de moedas (ICO) da Binance em 2017 para verificar se o token BNB da exchange foi vendido como um título não registrado.

Fontes anônimas observaram que a investigação da SEC sobre o token BNB está “provavelmente a meses de qualquer conclusão”. Embora a Comissão ainda não tenha divulgado uma declaração oficial, um porta-voz da Binance disse:

“Não seria apropriado comentarmos nossas conversas em andamento com os reguladores, que incluem educação, assistência e respostas voluntárias a solicitações de informações. Continuaremos a cumprir todos os requisitos estabelecidos pelos reguladores”.

Além de sondar o BNB, a SEC também está investigando a exchange para possíveis negociações com informações privilegiadas e também verificando se a afiliada da empresa nos Estados Unidos (Binance.US) é independente da plataforma de negociação global.

Além disso, a agência de valores mobiliários dos EUA está examinando os formadores de mercado conectados ao CEO da Binance, Changpeng “CZ” Zhao.

O mais recente desenvolvimento ocorreu logo após um relatório investigativo da Reuters revelar que a corretora serviu como um canal para a lavagem de fundos ilícitos no valor de pelo menos US$ 2,35 bilhões.

A Binance está sob escrutínio regulatório de outros reguladores americanos, como a Commodity Futures Trading Commission (CFTC) e o Internal Revenue Services (IRS), a Receita Federal dos EUA.

Enquanto isso, a empresa pode enfrentar o mesmo destino que a Ripple se a SEC considerar o BNB como um security token. Este último está em uma batalha judicial com o regulador depois que alegou que a Ripple realizou uma oferta de título não registrado de US$ 1,3 bilhão.

Mais tarde, CZ publicou uma declaração da empresa sobre o assunto, tentando refutar as alegações de lavagem de dinheiro por meio de uma troca de e-mail detalhada com a Reuters.

A NovaDAX está cheia de novidades!

Uma das maiores corretoras de criptoativos do Brasil agora ZEROU as taxas para saque em real!

A NovaDAX também conta taxa zero para transações de Bitcoin e mais de 110 moedas listadas, com saque disponível na hora e alta liquidez. 

As criptomoedas com as melhores taxas do mercado! Basta ativar o programa gratuito Novawards e aproveitar taxas reduzidas em até 75%.

Conheça ainda o Cartão NovaDAX e peça já o seu.