Nesta quinta-feira (07) o domínio do Bitcoins(BTC) sobre as altcoins atingiu uma alta de dois meses, já que o BTC subiu 30% na última semana, segundo o CoinGoLive

A recente corrida de alta do Bitcoin continua com a criptomoeda acumulando US$ 1 trilhão de market cap e dominando o resto das criptomoedas, apesar de que a maioria das altcoins também realizam altas em um dia e em uma semana. Ethereum (ETH), por exemplo, faz 25% em uma semana.

Ranking de criptomoedas do CoinGoLive mostra o Bitcoin aumentando sua dominancia sobre o mercado
Fonte: CoinGoLive.com.br

Bitcoin aumenta sua dominância sobre o mercado 

Outubro continua sendo um mês altamente favorável para o bitcoin, pelo menos por enquanto. O líder do mercado estava sendo negociado no dia primeiro de outubro a US$ 41.500 e nos sete dias seguintes saltou 30%. 

Em poucos dias a criptomoeda conseguiu ultrapassar o facebook em capitalização de mercado e ainda alcançar o preço de US$ 55.000 ontem, como o Cointimes relatou – ou melhor, R$ 300.000 nas principais corretoras brasileiras. 

Leia também: Só o Bitcoin teve retorno maior que a inflação este ano, segundo dados do IBGE

Segundo o CEO da Foxbit, @joaocanhada, diversas notícias impulsionaram o mercado. Para citar 3, temos: A adoção do Bitcoin por El Salvador, a possibilidade de aprovação de diversos ETFs de Bitcoin recentemente e ainda a resiliência na demanda que não permitiu o preço do ativo cair abaixo de US$ 30.000, apesar do FUD da China

Para Canhada, o movimento da China contra mineradores e negociações foi positivo para o mercado no longo prazo, pois diminuiu a concentração de mineração no país, uma das maiores críticas ao Bitcoin.

“Para o longo prazo é maravilhoso ao ecossistema.”

Ainda de acordo com Canhada, um forte sinal da demanda crescente é o próprio número de novos usuários da exchange Foxbit. Neste ano foram “entre 600 e 5 mil novos CPFs por dia”, revelou ele.

Além disso, o seu domínio sobre as altcoins aumentou para quase 43%, o que é um máximo de dois meses.

ETH recupera 26% em uma semana 

As moedas alternativas também subiram nos últimos dias. O Ethereum (ETH), por exemplo, caiu bem abaixo de US$ 3.000 durante o crash do final de setembro. No entanto, a segunda maior criptomoeda recuperou 25% do seu preço desde então e atualmente está próximo de US$ 3.600, o que é um máximo de várias semanas.

Mesmo perdendo mercado para o Bitcoin algumas altcoins realizaram altas impressionantes. Uma dessas exceções é Shiba Inu (SHIB) que hoje continua subindo 51% em 24 horas, segundo o CoinGoLive. Conforme relatado ontem, o SHIB disparou no ranking de criptomoedas e se tornou a 12ª maior criptomoeda em valor de mercado. 

Leia também: Investidor compra 6 trilhões de SHIBA antes de pump de 200%, manipulação?

O resultado das principais altcoins nas últimas 24 horas é o seguinte: Ethereum (+4,94%), Cardano (+6,61%), Binance Coin (+4,64%), Ripple (+3,69%), Solana (+0,25%), Polkadot (+10,85%), Dogecoin (-1,37%), Terra (+5,29%), Shiba Inu (+51,60%), Avax (-0,67%), Uniswap (+5,61%) e Litecoin (+8,73%).

A capitalização de mercado acumulada de todas as criptomoedas saltou para US$ 2,37 trilhões desde ontem.


Acompanhe as notícias do mercado cripto no grupo do Telegram do Cointimes, acesse.

Compre e venda Bitcoin e outras criptomoedas na Coinext
A corretora completa para investir com segurança e praticidade nas criptomoedas mais negociadas do mundo.
Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br