Bitcoin cai abaixo dos $50 mil nesta semana e continua corrigindo a alta que teve. Quem diria, mais uma correção de 50% no preço. Como se já não estivéssemos acostumados com essa oscilação. 

Apesar de ser uma das melhores performances financeiras entre todos os ativos do mercado, o bitcoin já sofreu várias outras quedas abruptas. 

Os novos entrantes e traders alavancados podem até se desesperar, mas eles não podem dizer que não foram avisados. Precisamos entender que esses grandes movimentos de correção do bitcoin são comuns na história do ativo. Acompanhe esse artigo do Cointimes que acabou de sair do forno.

Vejamos uma série de quedas históricas.

Bitcoin's Historical Corrections - From All-time Highs (2021)
Fonte: CoinMarketCap.com

Começando pela maior, 86,9% de queda em 30 de Novembro de 2013. Essa tendência de baixa durou até Janeiro de 2016, mas se recuperou, apesar de tudo. Naquele período a China havia anunciado o banimento de bitcoin no país. Outro motivo foi as complicações da Mt. Gox. A corretora sofreu um ataque de hackers, problemas com regulação e a eventual falência em seguida. 

A segunda maior queda foi um pouco mais recente, e durou “somente” um ano. De dezembro de 2017 a dezembro de 2018 o bitcoin caiu 83,6% por causa do hack na maior corretora OTC do Japão, a Coincheck

A terceira correção mais acentuada foi em abril de 2013. 82,6% em 2 dias. 

As demais correções de 30 a 50% aconteceram devido a sentimentos do mercado naquela hora. Até 2017 poderíamos relacionar isso à notícias como: Esquema Ponzi conhecido como Bitcoin Savings & Trust embolsa 150.000 BTC. A fraude mencionada foi futuramente denunciada e o responsável pelo crime sentenciado a 18 meses de cadeia e $2,4 Milhões em multa. 

Notícias como o hack de corretoras também abalam a confiança dos investidores que acreditam na tecnologia. Atualmente, devido  à grande popularização da moeda digital e também da fervorosa cobertura midiática que acompanhamos, as quedas também estão relacionadas às opiniões de grandes investidores. O exemplo desta última em abril foi o anúncio que a Tesla deu ao mundo: mesmo tendo comprado alguns bilhões em BTC, ela não aceitaria mais eles como meio de pagamento na compra dos carros autônomos da Tesla. (Como se eu quisesse mesmo gastar os meus bitcoins comprando carro Autônomo. Eu nem tirei a carteira de motorista ainda!).

Curva de Adoção indicando que a Receita aumenta do Mercado Inicial até o Mercado Principal. Conforme o Gráfico, aparecem primeiro os Inovadores 2,5%, em seguida os Primeiros adeptos 13,5%. Então delimitasse o abismo entre o Mercado Inicial e o mercado Principal, em sequência: Maioria Inicial 34%, maioria tardia 34%, Retardatários 16%.
Fonte: http://web.archive.org/web/20180604230150/http://blog.cicloagenciadigital.com.br:80/curva-de-adocao/

Decisão: é a hora de comprar bitcoins?

Se você, assim como eu, está se perguntando: “É a hora certa de comprar bitcoins?”, continue lendo algumas considerações que podem te ajudar no processo decisório.

Vou apresentar, rapidamente, alguns pontos importantes trazidos pelos estudos na área comportamental. Pois as decisões no mercado financeiro são complexas já que envolvem a avaliação de acontecimentos futuros que não estão sob o seu controle e geram incerteza e risco.

Como saber

Decidir é composto por três etapas básicas: perceber, avaliar e escolher. As heurísticas são atalhos mentais que facilitam a tomada de decisão e usamos como ferramenta para perceber vieses. Vai nos ajudar a decidir se está na hora de embolsar mais alguns satoshis.  

Conhecemos três principais heurísticas: Heurística da disponibilidade, da Representatividade e Ancoragem e ajuste. Em nosso exemplo atual, a queda de 50% do seu patrimônio de bitcoins (bem significativo, mas bastante exagerado), temos memórias de outras quedas parecidas como esta e ainda corremos o risco de acreditar na ilusão de validade produzida pelo encaixe perfeito entre resultados previstos e a informação que recebemos agora.  

O risco do uso constante de simplificações no processo de decisão, é o de errar as avaliações de forma sistemática e decidir de forma enviesada. Portanto, quanto mais vieses forem conhecidos  pelos investidores, maiores serão as chances de saber lidar com eles e minimizar os seus efeitos sobre o processo decisório.

O otimismo excessivo pode nos influenciar demais a, por exemplo, entrar em uma bull run do bitcoin alavancado 50x. O excesso de confiança pode influenciar a expor 100% de nosso patrimônio em um só criptoativo, e ainda existem algumas armadilhas que precisamos tomar cuidado. Como por exemplo, procurar sempre informações pró e contra as nossas teses de investimento e não deixar-se tomar pelo medo ou histeria midiática. 

Todos esses vieses juntos podem fazer um rombo no bolso. Principalmente quando acontecem ao mesmo tempo em que pessoas estão indo ao trabalho, políticos estão votando novas legislações, tecnologias surgem revolucionando algum setor na economia. Enfim, a realidade é realmente complexa. 


Por isso o Cointimes se esforça para manter você todo dia bem informado. Acompanhe nosso grupo do Telegram e segura firme que mais notícias sobre o preço do Bitcoin estão por vir.


BitPreço, o maior marketplace da América Latina. Compare os preços das principais exchanges do Brasil e mundo, e compre Bitcoin, Ethereum e USDT pelo melhor preço sempre.

Crie sua conta grátis agora!