Passfolio

O Bitcoin volta a ficar abaixo dos US$30 mil após a implosão da Terra Luna, enquanto Cardano (ADA) e Monero (XMR) ganham destaque mesmo em mercado de baixa. 

Nesta segunda-feira o bitcoin ainda sofre com as consequências da massiva implosão da criptomoeda Terra e seu token UST, ambos tinham bitcoin como colateral e fizeram a principal criptomoeda chegar a até US$25 mil. 

Saiba mais sobre a implosão da Terra no podcast abaixo:

Apesar da recuperação, o BTC fechou pela sétima semana consecutiva em queda, algo que nunca havia acontecido antes e já acumula 6 meses desde sua alta histórica. 

Passfolio

Altcoins: Monero e Cardano ganham destaque

Mas nem tudo são flores notícias negativas no mercado de criptomoedas. Monero e Cardano, apesar de respectivamente acumularem quedas semanais de 18% e 15%, amanheceram subindo cerca de 5% cada. 

O Monero espera chegar a sonhada tail emission (emissão em cauda) nos próximos 15 dias. A tail emission será uma recompensa de apenas 0,6 por bloco do XMR para sempre, tornando a curva de impressão do monero uma assíntota que nunca chega ao zero mas se aproxima para sempre dele. 

Em outras palavras, o Monero terá uma inflação menor que a do bitcoin pelos próximos anos e contará com a vantagem de ter um subsídio de bloco para sempre, incentivando os mineradores e dando certeza para que eles mantenham a segurança da rede. 

Já sobre a Cardano, Charles Hoskinson – o fundador da criptomoeda – deu um conselho que animou os holders tanto de ADA quanto de outros criptoativos:

“Senhores, é assim que vocês precisam estar calmos nestes mercados.”, publicando a imagem seguinte no Twitter:

Passfolio