Passfolio

O primeiro mês do segundo semestre de 2022 terminou oficialmente, e a volatilidade dos mercados ainda não diminuiu.

Enquanto isso, analistas esperam que outro grande indicador da economia norte-americano seja divulgado hoje, o índice de manufatura Purchasing Managers’ Index (ISM), com expectativas de uma leitura mais baixa desde maio de 2020. 

A provável queda prolongada no setor de manufatura dos EUA pode indicar que os investimentos das empresas e os gastos dos consumidores irão desacelerar.

Além disso, uma desaceleração nos números de emprego e salário estão previstos em meio aos desafios que continuam chegando aos mercados em 2022. 

Passfolio

Mohamed El-Erian, presidente do Queen’s College of the Cambridge Univerisity, tweetou em 31 de julho sobre o desempenho dos ativos este ano até o momento, em comparação com os dois anos anteriores:

Em resumo, a maioria das classes de ativos em 2022 estavam no vermelho, lideradas pelo Bitcoin (BTC) e pelo índice Nasdaq, perdendo -48,60% e -20,80%, respectivamente. 

Durante esse tempo, a correlação entre Bitcoin e o índice Nasdaq atingiu recentemente um recorde histórico. 

A mudança que o banco central dos EUA (Fed) fez em sua política sobre as condições financeiras e redução de liquidez está pesando sobre as ações, especialmente as mais especulativas.

No entanto, a maior parte dos balanços divulgados até agora tem mostrado alguma forma de crescimento, com cortes nas previsões devido à alta incerteza.

Esta complexa interação entre condições financeiras mais rigorosas, alta inflação pode se repetir no resto do ano. Por sua vez, pode significar retornos modestos para os investidores, já que as projeções de crescimento podem ser cortadas por empresas que estão olhando para um futuro incerto.

Leia também:

Passfolio