Nesta segunda-feira (27), depois de escorregar abaixo de US$ 41.000 por conta do temor sobre a crise imobiliária chinesa e a pressão regulatória, o Bitcoin (BTC) iniciou mais uma retomada de preço.

Os protocolos Defi também aproveitaram para retomar seus ganhos em 24 horas. Segundo o CoinGoLive a Solana (SOL), umas das principais altcoins no top 10 do ranking, realiza ganhos de dois dígitos em um dia. O único projeto que falhou em realizar pontos positivos hoje foi a Cardano (ADA). 

ranking top 10 do CoinGoLive mostra a retomada do Bitcoin e disparo dos protocolos Defi nesta Segunda-feira (27).
Fonte: CoinGoLive.com.br

Bitcoin (BTC) iniciou mais uma retomada de preço

Ao contrário dos finais de semana anteriores, este não foi tranquilo para o preço do BTC. A criptomoeda tinha acabado de sair de uma sexta-feira de baixa, em que caiu US$ 4.000 em minutos após a última declaração do Banco Central da China.

Entenda: Bitcoin mantém força em meio ao FUD da China

Logo em seguida, as corretoras Huobi e Binance pararam de permitir que os comerciantes usassem números de celular da China continental para registrar novas contas.

Enquanto isso, nos EUA, o governo Biden anunciou na quinta-feira que nomearia Saule Omarova como Controlador da Moeda. Omarova é um crítico das criptomoedas e já disse que elas estariam “beneficiando principalmente o sistema financeiro disfuncional que já temos”, de acordo com a Bloomberg.

O Bitcoin passou então o sábado com o objetivo de recuperar a maior parte das perdas e no domingo a volatilidade surpreendeu mais uma vez.

Neste momento, o bitcoin é negociado próximo de US$ 44.000 – R$ 234.280 nas principais corretoras brasileiras, tendo saltado 1,62% em 24 horas segundo o GoinGoLive

Sua capitalização de mercado encontra-se abaixo de US$ 830 bilhões e a dominância sobre as altcoins continua em 40% mesmo com as moedas alternativas realizando melhores performances em um dia.

Protocolos Defi aproveitaram para retomar seus ganhos em 24 horas

A maioria das altcoins no top 10 do ranking imitaram o desempenho do BTC desde o final da semana passada. O Ethereum (ETH) caiu fortemente ontem novamente para menos de US$ 2.800, mas um aumento de quase 5% o levou de volta para cerca de US$ 3.100 – R$ 16.537 nas bolsas do Brasil.

Mesmo com a intenção de impulsionar a adoção e casos de uso do seu blockchain durante o Cardano Summit 2021 (realizado neste final de semana), a Fundação Cardano não conseguiu fazer o token ADA explodir nesta segunda-feira. A criptomoeda é negociada a US$ 2,23 na manhã de hoje, segundo o CoinGoLive. 

Leia mais: Após atualização, equipe da Cardano prepara evento sem confirmar palestrantes

Solana (SOL), foi um dos protocolos Defi que aproveitou para retomar seus ganhos em 24 horas, realizando ganhos de dois dígitos em um dia.

O resultado das principais altcoins nas últimas 24 horas é o seguinte: Ethereum (+4,69%), Cardano (-1,51%), Binance Coin (+2,95%), Ripple (+2,63%), Solana (+10,4%), Polkadot (+0,16%), Dogecoin (+1,19%), Avax (+3,61%), Terra (+2,29%), Uniswap (+8,84%) e Chainlink (-0,09%).

A capitalização de mercado acumulada de todas as criptomoedas retomou os US$ 2 trilhões desde ontem.


Acompanhe as notícias do mercado cripto no grupo do Telegram do Cointimes, acesse.

Compre Bitcoin na Coinext
Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br