A Bitmain, maior empresa de mineração de Bitcoin, poderá cortar mais uma vez sua força de trabalho pela metade.

De acordo com o jornal chinês Wushuo Blockchain, a empresa irá cortar metade da sua força de trabalho até dia 17 de janeiro. O prazo foi dado peloa atual CEO, Jihan Wu, que teria pedido para os chefes de cada setor uma lista de cortes.

Em 2018 a Bitmain demitiu quase metade dos seus funcionários em um plano de reestruturação, fechando sedes em Israel no Brasil.

De acordo com mídia internacional, essa nova reestruturação acontece devido à tomada de poder do CEO Jihan Wu, co-fundador afastado por brigas internas.


Quer ganhar Bitcoins?
A gente te ajuda nisso.
Abra uma conta grátis!


 

Sob a direção do antigo CEO, Micree Zhand, a Bitmain estava se direcionando para se tornar uma produtora de chips para o mercado de inteligência artificial.

Com Wu no poder, a Bitmain volta ao seu core, criar mineradoras de Bitcoin.


BitPreço, o maior marketplace da América Latina. Compare os preços das principais exchanges do Brasil e mundo, e compre Bitcoin, Ethereum e USDT pelo melhor preço sempre.

Crie sua conta grátis agora!