A disputa entre Brasil e México não se dá apenas nos gramados russos, ela vai muito além e chega até o mercado de criptomoedas.

Há mais de dois anos existe uma guerra constante entre esses dois países, que acontece 24/7 no mundo das criptomoedas. É uma briga de gigantes, com bilhões de dólares e montanhas de bitcoins envolvidos.

Estou falando da guerra de exchanges. Para aqueles que não conhecem, existe um site que lista as principais exchanges do mundo: exchangewar.info. Ele dá o volume, os pares de trade e as principais notícias de cada uma delas.

Na América Latina duas exchanges de bitcoins se destacaram, a Bitso e a Foxbit. Ambas brigam há anos pelo título de maior exchange dessa região do continente americano.

Coinext 760x150

 

Quem é a maior: Foxbit (Brasil) ou Bitso (México)?

Segundo o site exchangewar, o Brasil está com uma boa vantagem, temos quase o dobro de volume negociado mensalmente.

exchangewar

Juntas por uma causa maior

Em setembro de 2017, um terremoto causou enorme destruição na Cidade do México, deixando mais de 15 mil desabrigados e uma situação calamitosa para o resto da população.

Com essa situação de caos e destruição, as duas exchanges uniram forças para divulgar a #AyudaMexico, incentivando a comunidade a doar bitcoins e outras criptomoedas para as vítimas do terremoto.

Foram arrecadados mais de 19 bitcoins, 46 ethers, fora uma boa quantidade de Dash e Ripple.

E quem venceu essa batalha? Deixe sua opinião nos comentários


Invista em criptomoedas com segurança, alta liquidez e as menores taxas do mercado.

NovaDAX: a exchange mais completa do Brasil com mais de 25 criptomoedas listadas e a melhor nota de atendimento ao cliente.

Conheça novadax.com.br