Passfolio

Changpeng Zhao, mais conhecido como CZ, iniciou uma batalha legal contra a filial da Bloomberg em Hong Kong após ser acusado de administrar um esquema Ponzi.

A subsidiária da Bloomberg em Hong Kong acusou CZ, Diretor Executivo da Binance, de administrar um esquema Ponzi de criptomoedas. Por sua vez, o CEO entrou com uma ação judicial contra a mídia.

Respondendo às acusações

Em 23 de junho a Modern Media Company Limited, entidade que administra o conteúdo para a Bloomberg em Hong Kong, intitulou um de seus artigos: “Poderia o homem mais rico da indústria cripto suportar o frio?” No entanto, o que causou a polêmica foi como a Bloomberg Businessweek decidiu renomear a coluna, “O esquema Ponzi de Changpeng Zhao.”

Com isso, a plataforma alegou que a Binance havia lavado bilhões de dólares e tinha conexões com a Dark Web e grupos de hacking norte-coreanos. A maior acusação da Modern Media foi que CZ comanda uma fraude de investimento que atrai clientes para distribuir sua riqueza com promessas de grandes lucros.

Passfolio

Como esperado, Zhao discordou do artigo. De acordo com documentos recentes, ele até processou a afiliada da Bloomberg em Hong Kong por difamação. Embora afirmando que a maioria dos jornalistas da empresa são imparciais e relatam todas as histórias corretamente, “há uma pequena porcentagem de indivíduos não profissionais que poderia arruinar a reputação de alguém.”

Além disso, a assessoria jurídica de CZ alegou que a versão original em inglês do artigo também continha acusações difamatórias. Os advogados argumentaram que as declarações eram “completamente infundadas, e foram obviamente concebidas para levar os leitores a acreditarem que Zhao e Binance têm se envolvido em atividades ilegais ou inescrupulosas.”

A Binance também brigou com a Forbes

Em 2020, outro gigante da mídia, a Forbes, publicou um artigo classificando as operações da Binance como ilegais. Especificamente, culpou a plataforma por facilitar os procedimentos de lavagem de dinheiro e enganar os reguladores financeiros. Por sua vez, a exchange processou a Forbes, afirmando que todas essas declarações são falsas e altamente difamatórias.

Curiosamente, no ano seguinte, a Binance desistiu de sua ação judicial contra a empresa de mídia sem dar uma razão para sua decisão. No início deste ano, as duas empresas pareciam ter enterrado a briga, já que a Binance investiu $200 milhões de dólares na Forbes.

Leia também:

Passfolio