Com apenas 27 anos, o fundador da corretora de bitcoin Thodex sumiu e deixou mais de 390 mil investidores desesperados e perdas que podem chegar a US$2 bilhões. 

A Thodex é uma corretora turca, uma das maiores do país, que se beneficiou da inflação rampante e condições políticas instáveis em Istambul. Apenas em março, a Turquia registrou uma inflação de 16,2%, com a lira turca desabando 10% contra o dólar neste ano. 

A negociação de criptomoedas chegou a um terço das negociações na bolsa de valores local. 

Apesar do boom, o fundador desaparecido Faruk Fatih Ozer afirmou que a empresa passava por dificuldades financeiras. Em uma carta publicada de um local desconhecido, Faruk afirma que pensou em se suicidar ou se entregar as autoridades, mas em ambos os casos os investidores ficariam sem as criptomoedas. 


Quer ganhar Bitcoins?
A gente te ajuda nisso.
Abra uma conta grátis!


 

“Então decidi ficar vivo e lutar, trabalhar e pagar minhas dívidas com vocês”, afirmou. 

Histórico de corretoras desaparecendo com bitcoins

Os números são impressionantes, mas essa não é a primeira vez que uma corretora de bitcoin some com o dinheiro dos seus investidores. 

A japonesa MtGox já foi responsável pela movimentação de 70% dos bitcoins no mundo. Entretanto, em fevereiro de 2014 a corretora fechou o site, suspendendo os trades e subsequentemente declarou falência. Cerca de 850 mil bitcoins sumiram da corretora, em valores atuais isso equivale a R$248.152.839.195,00. 

O sumiço de dinheiro dos investidores não é uma característica única das corretoras de bitcoin, diversos golpes ao longo da história desapareceram com bilhões e muitos deles eram aprovados pelos órgãos reguladores. 

Entretanto, o maior problema dos golpes com BTC é a dificuldade de recuperar as criptomoedas. O bitcoin é impossível de ser confiscado, a não ser que a chave privada que deriva a carteira seja revelada, tornando o processo de bloqueio por agências governamentais improvável.

Claro, isso garante que o governo não confiscará seu dinheiro, o que é um risco real e que já aconteceu diversas vezes na história, vide o confisco de Collor no Brasil.

Portanto, a maior dica para quem tem bitcoin em exchange é tirá-lo de lá e deixar apenas o valor que você pode perder e irá usar para trade dentro da corretora. E se você está em dúvida sobre qualquer carteira de bitcoin deve usar, então faça nosso Quiz e descubra a melhor wallet para você.


BitPreço, o maior marketplace da América Latina. Compare os preços das principais exchanges do Brasil e mundo, e compre Bitcoin, Ethereum e USDT pelo melhor preço sempre.

Crie sua conta grátis agora!