Na quinta-feira (26 de novembro), Michael Saylor, cofundador, presidente e CEO da empresa de inteligência de negócios listada na Nasdaq, MicroStrategy Inc. (NASDAQ: MSTR), explicou por que sua empresa está guardando tanto bitcoin.

Em 11 de agosto, a MicroStrategy anunciou por meio de um comunicado à imprensa que havia “comprado 21.454 bitcoins a um preço de compra agregado de US$ 250 milhões” para usar como um “ativo de reserva do tesouro primário”.

Os últimos comentários de Saylor sobre o Bitcoin vieram durante uma entrevista com Melissa Lee, apresentadora do programa de pós-mercado da CNBC “Fast Money“. Lee primeiro perguntou a Saylor por que ele havia decidido investir o dinheiro de sua empresa em Bitcoin. Saylor respondeu:

Bem, a história aqui se deve à rápida expansão da oferta monetária pelos bancos centrais, o custo do capital triplicou de 5% para 15% no ano passado, e se olharmos para os próximos quatro anos, títulos cupons e taxas de crescimento de EPS -ganhos por ação- precisarão ultrapassar esse obstáculo para preservar a riqueza.

Tínhamos US$ 500 milhões em dinheiro, mas sabíamos que íamos gerar outros US$ 500 milhões em dinheiro e percebemos que, se o mantivéssemos em dinheiro, haveria uma desvalorização de 10-15% ao ano.

Coinext 760x150

 

Portanto, o que não é tão bem compreendido é que o Bitcoin é o melhor ativo de reserva de tesouraria do mundo no momento, e foi projetado para ser superior ao ouro em todos os aspectos.

O que eles não entendem é que o Bitcoin é uma rede monetária e, como rede monetária, é capaz de armazenar e canalizar energia ao longo do tempo sem perda de energia. Então, ficamos muito empolgados com essa ideia e a vimos como uma solução para o problema de reserva de valor, não apenas para os US$ 300 trilhões de capital no mundo, mas para os 7,5 bilhões de pessoas no planeta.”

Lee então quis saber se a MicroStrategy de hoje é uma empresa de software ou um fundo de hedge de Bitcoin, ou seja, por que a MicroStrategy se preocupa em continuar com o negócio de software de business intelligence se ele realmente acredita que o preço do Bitcoin vai continuar subindo 100% ao ano.

Saylor respondeu:

“Bem, em primeiro lugar, temos uma empresa de software gerando caixa, mas se simplesmente colocássemos o dinheiro em moeda fiduciária e ele desvalorizasse 15% ao ano, estaríamos perdendo no balanço patrimonial tanto quanto geramos a partir do P&L (Profit & Loss statement, ou Demonstrativo de Lucros e Perdas).

Então isso não fazia sentido. Por outro lado, as preocupações tradicionais com o Bitcoin eram que ele poderia ser hackeado, poderia ser copiado, poderia ser banido e, após uma década, não havia sido hackeado, ninguém conseguia copiá-lo, e [ele] não vai ser banido. Portanto, embora as pessoas considerem isso volátil, talvez seja volátil na primeira década; na próxima década, não parece que será tão volátil.

Na verdade, parece que está emergindo como o principal ativo de reserva do tesouro para as pessoas que buscam uma forma de evitar a grande inflação monetária.”

Lee então quis saber se não fazia sentido para a MicroStrategy “para fins de gerenciamento de portfólio” ser mais conservadora, reduzindo o tamanho de sua posição BTC.

Saylor disse:

“Bem, felizmente, amamos o negócio de business intelligence empresarial e queremos estar nele, mas não queremos descapitalizar a empresa reduzindo nossa tesouraria a zero e não queremos permitir que nossa tesouraria seja degradada em 10-20% ao ano também; então temos que fazer algo.

Acho que, à medida que os investidores começam a entender a história do Bitcoin, eles vão migrar seu capital na rede Bitcoin, e isso vai criar um ciclo virtuoso de adoção seguido de apreciação de preço seguida de acréscimo de valor seguido de integração de tecnologia de empresas como Square e PayPal. Em breve poderá ser a Apple e o Google. Isso vai gerar mais adoção, e isso significa que você realmente deseja conectar sua empresa ao dinheiro do Bitcoin. ”

Para esclarecer quanto à questão de se a MicroStrategy é uma empresa de software ou um fundo de hedge de Bitcoin, Saylor complementou:

“Nosso P&L é uma empresa de software e vendemos o melhor software de business intelligence empresarial do mundo. Nosso balanço patrimonial não é mais investido em dólares; nosso balanço é investido no BTC porque acreditamos que é o melhor ativo de reserva de tesouraria que poderíamos escolher no mundo.”

Leia mais: CEO de exchange do Reino Unido esclarece sobre boatos de regulações nos EUA


Invista em criptomoedas com segurança, alta liquidez e as menores taxas do mercado.

NovaDAX: a exchange mais completa do Brasil com mais de 25 criptomoedas listadas e a melhor nota de atendimento ao cliente.

Conheça novadax.com.br