Breaking News  
Competição de portfólio de criptomoedas #1 Bitcoin

Competição de portfólio de criptomoedas #1

Qual o melhor portfólio de criptomoedas? Veja nossa nova competição

Lucas Bassotto
Lucas Bassotto

A Competição de portfólio de criptomoedas será uma nova série do Cointimes. A cada semana iremos realizar uma postagem para acompanhar como anda o portfólio montado por mim, Neto e Lemos. As regras da competição são as seguintes:

  • Cada competidor deve montar um portólio de $1000 dólares em criptomoedas
  • Não vale colocar Bitcoin, somente altcoins
  • Não é possível modificar ou excluir a participação de qualquer cripto do portfólio
  • Os resultados são divulgados semanalmente

Portfólio do Rafael Lemos

Optando por um portólio mais arriscado, o Lemos apostou pesado na criptomoeda Enigma e no token TaTaTu. Segundo o próprio, a Enigma é um projeto muito promissor que ainda é muito subvalorizado. Trata-se de uma espécie de fusão com Ethereum e Monero, ou seja, utilizando a rede da Enigma, seria possível fazer contratos inteligentes secretos.

Ele argumenta que este tipo de “secret contract” pode ser muito interessante para corporações que não podem deixar de modo público contratos que fazem, por questões estratégicas empresariais. Sobre o TaTaTu, trata-se do maior ICO da história até o momento. Ele promete ser uma espécie de Netflix descentralizado contando também com transmissão de esportes ao vivo.

Portfólio do Neto

Já o Neto optou por um portfólio mais diversificado em criptomoedas com objetivos variados.

Ele aplicou a maior parte dos seus dólares em BNB (BinanceCoin), o motivo para isso é uma correlação não tão significativa com o bitcoin, diferente das outras criptomoedas.

21,3% do valor foi aplicado em Monero, a alocação foi feita na esperança do lançamento da tecnologia Bulletproof, que vai reduzir significativa o tamanho das transações no Monero e aumentar a privacidade da moeda. Como falamos no post “Criptomoedas que podem se valorizar“, a Bulletproof já está foi testada na TestNet do Monero. É uma questão de tempo até o lançamento.

Criptomoedas promissoras em baixa que podem se valorizar

O Neto parece apostar em moedas que envolvem privacidade, alocando boa parte dos valores em Zcash. A escolha foi feita devido a atualização Sappling, ele acredita que o mercado já começou a precificar uma possível inclusão na Coinbase.

Falando em apostas, olha quem está aí, a Augur , uma rede de apostas descentralizada. Com as eleições nos Estados Unidos, no Brasil e diversos campeonatos rolando ao redor do globo, talvez seja o momento certo para entrar no jogo.

A EOS foi escolhida na esperança da atualização que permitirá execuções paralelas (Parrallels), prometida para ser lançada nesse segundo semestre.

A Bancor, por sua vez, é um projeto que tem o auxílio de um economista que o Neto é fã , o Bernard Lietaer, um cara que prega a ideia de moedas comunitárias.

Para finalizar temos a Ardor, é um projeto que ele já teve alguns nodes e acompanha de perto. Em breve o time de desenvolvimento vai lançar opções de contratos inteligentes.

Ele está esperando por atualizações de software, mas será que elas acontecerão? É uma grande aposta, será que dará certo?

Portfólio do Lucas Bassotto

Optei por um portfólio mais diversificado com 7 criptomoedas, não que isso seja alguma garantia de sucesso. A maior participação do meu portfólio é a Nano, a criptomoeda com transações instatâneas e gratuitas, no momento ela está muito barata e tem um potencial de valorização incrível.

Escolhi a Monero por conta do novo upgrade de tecnologia e também porque ela vem de uma grande correção, ou seja, enorme potencial de valorização.

Não tenho muito o que dizer sobre Ethereum, é uma opção segura e que também já vem de uma grande queda.

O TaTaTu é a minha aposta mais ousada. Foi o maior ICO da história e tem um potencial gigantesco de valorização se o projeto tiver um bom andamento, a ideia é simplesmente fantástica.

0x é um token para exchange descentralizada, já valorizou bastante esse ano e talvez valorize mais.

Bom, esses são nossos portfólios. Em quais projetos você mais acredita, acha que o Lemos vai levar essa com sua estratégia arriscada?

O Neto vai se dar bem com Monero e Zcash? Ou a Nano vai reinar soberana?

Por enquanto o Neto está na frente, com o recente pump do Monero (acontecendo enquanto escrevemos essa matéria).

Para quem você está torcendo? Coloca aí nos comentários, vamos discutir as estratégias.

Lucas Bassotto
Lucas Bassotto

Sou Lucas Bassotto, graduando em Economia. Um grande entusiasta do mundo da criptoeconomia. Atualmente trabalho na Foxbit produzindo conteúdo.