Em um ano de valorização de 70% para o bitcoin, as corretoras de criptomoedas no Brasil viram um crescimento considerável na base de usuários.

Dentro da plataforma Cointrader Monitor, um site utilizado para comparar dados das exchanges que atuam no Brasil, além de análise de arbitragem e comparação de taxas, as corretoras mais procuradas em 2021 foram:

  1. NovaDAX (10,53%)
  2. BitPreço (10,41%)
  3. Binance (10,19%)
  4. MercadoBitcoin (7,91%)
  5. Alter (7,70%)
  6. BitcoinTrade (7,60%)
  7. BitcoinToYou (5,15%)
  8. Coinext (3,66%)
  9. Biscoint (3,20%)
  10. Foxbit (3,16%)

Note que as gigantes que vieram da China, NovaDAX e Binance, reúnem 20,72% de procura. Enquanto isso, elas representam 40,4% da parcela de mercado em volume de bitcoin negociado nas últimas 24 horas no Brasil.

As outras exchanges somaram menos de 30% de procura no site. A avaliação de procura foi baseada em cada clique espontâneo dos usuários nos nomes das corretoras dentro das páginas anteriormente citadas. Vale ressaltar que a BitPreço e Biscoint são marketplaces, ou seja, podem consumir ordens do livro de ofertas de outras exchanges.

Quando levamos em consideração as pesquisas no Google, o cenário mostra uma dominância significativa da Binance. Veja uma comparação do interesse relativo das 5 corretoras mais procuradas no Cointrader Monitor no Google Trends:

Curiosamente, no detalhamento comparado por sub-região, os únicos estados que não veem a maior procura pela Binance são o Pará e Amapá, onde a Alter lidera nas pesquisas.

Veja também:

Compre e venda Bitcoin e outras criptomoedas na Coinext
A corretora completa para investir com segurança e praticidade nas criptomoedas mais negociadas do mundo.
Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br