A riqueza da humanidade vem crescendo constantemente. Os índices de pobreza vêm diminuindo com o passar dos anos, porém o momento em que vivemos agora pode representar o início de uma crise mundial.

Duas das principais economias do mundo já começam a apresentar sinais de queda: a bolsa chinesa desde o início do ano caiu por volta de 20%, a bolsa americana após alcançar a alta histórica em janeiro deste ano, também começa a apresentar sinais de fraqueza, já que nos últimos dias caiu cerca de 3% e as principais empresas do mundo como, Amazon, Microsoft, Netflix, Facebook, GoPro, estão todas no vermelho.

Wall Street índice
Fonte: Yahoo! Finance

 

O que está acontecendo com a economia mundial é um “acerto de contas”. Para explicar isso, irei destacar o que vem acontecendo com a economia americana desde a chegada de Barack Obama à Casa Branca.

Obama recebeu de George W. Bush o bastão da presidência, sendo que a recepção não foi lá das melhores. O novo presidente que era considerado uma das figuras mais carismáticas do mundo (inclusive, tão carismático que chegou a ganhar o Nobel da paz), tinha em suas mãos uma bomba relógio.

A economia americana estava abalada e ao se deparar com isso, o democrata optou por colocar à frente do FED, o Banco Central dos Estados Unidos, Ben Bernanke, produto da escola Keynesiana de economia e estudioso da crise de 1929, que acredita numa solução para a economia: a injeção de dinheiro por parte do estado.

Sendo que há um problema nessa estratégia: nunca, na história econômica, injetar dinheiro na economia resultou em solução para as crises. Pelo contrário, ela acaba por ser uma medida paliativa que no fim serve apenas para agravar o resultado final, por isso consideramos que a alta da bolsa americana dos últimos anos é resultado de uma massiva intervenção estatal.

Com isso, a bomba deve explodir nas mãos do atual presidente, Donald Trump. Veremos que todas as estratégias adotadas pelo republicano devem ir por água abaixo, isso porque ele está fracassando em diminuir a dívida americana, que já chegou à marca de 20 trilhões em dívida nacional e ~70 trilhões de dólares em dívida total.

dívida dos Estados Unidos da América

O corte de impostos e o aumento da taxa de juros não foram o bastante. Trump deveria reduzir também os gastos da máquina estatal, todavia fez o contrário: aumentou os gastos. Então, a perspectiva para os dias que se seguem deve ser de grande desespero para os investidores norte americanos.

Alguns analistas técnicos acreditam que o índice S&P (Standard & Poors), o principal índice do planeta, pode cair 30% e isso significa que o mundo estará mais pobre e quem mais sentirá o choque, serão os países emergentes. Ou seja, nós brasileiros estaremos literalmente no campo de batalha dessa crise e quem ocupar a cadeira de presidente da república nesse período, estará em maus lençóis.

Para proteger seu capital, alguns investidores vão acabar migrando para o ouro, atitude normal em tempos macabros para a economia. Com a presença do mercado de criptomoedas, o Bitcoin dessa vez pode ser o destino de muitos lobos de Wall Street, então para todos que possuem alguns satoshis guardados, HODL!

Compre e venda Bitcoin e outras criptomoedas na Coinext
A corretora completa para investir com segurança e praticidade nas criptomoedas mais negociadas do mundo.
Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br