Apesar dos preços do BTC ficarem estagnados durante todo o mês passado, o índice de segurança da rede aumentou e a dificuldade de mineração alcançou sua alta histórica.

A dificuldade de mineração é ajustada por um determinado algoritmo que serve para manter uma média de 6 blocos por hora na rede Bitcoin, não importando o quão baixo ou alto seja o hashrate da rede.

Os números do CoinWars indicam que a dificuldade de mineração atingiu 17,3T, a maior dificuldade que a rede do BTC já experimentou desde a sua criação.

gráfico da dificuldade de mineração do bitcoin
Dificuldade de mineração do Bitcoin. Fonte: CoinWars.

Isso mostra que o Bitcoin recuperou grande parte do hashrate perdido durante o último halving, além de mais mineradores estarem se juntarando à rede para protegê-la com mais poder de hash.

Quanto maior o poder de hash da rede Bitcoin, mais caro fica para se fraudar o blockchain com um ataque de 51%. Uma rede segura como a do Bitcoin torna esse ataque o mais próximo de economicamente inviável possível.