Passfolio

Nesta terça-feira (14) o mercado está parecendo uma batalha de rap; a cada dia é mais sangue despejado. O clima pesado empurrou o Bitcoin e demais altcoins para o sul. 

Entenda até quando vai durar a hemorragia com a análise de Willy Woo: “não há sinais de uma nova cascata de liquidações” e confira também neste Resumo de Mercado o salto de 17% da Dogecoin (DOGE) em uma hora, segundo o CoinGoLive

Bitcoin e altcoins sangram
Ranking de Criptomoedas – Fonte: CoinGoLive.com

Bitcoin sangra

As coisas pareciam positivas durante o fim de semana. Ao contrário do anterior, que estava coberto de vermelho, desta vez, o preço do bitcoin tentou se recuperar e estava razoavelmente bem. Na verdade, no domingo, o BTC estava sendo negociado acima de US$ 50 mil por um tempo, o que deu esperança de que um rali mais significativo pudesse estar em jogo.

Infelizmente para os touros, assim que chegou a segunda-feira, as coisas ficaram sombrias novamente. Tendo atingido uma alta de $ 50.800 no domingo, o preço despencou no dia seguinte. 

O BTC caiu para US$ 45.750 (no CoinGoLive), marcando mais uma enorme vela vermelha diária e dificultando as esperanças de uma recuperação adequada mais uma vez.

No momento em que este artigo foi escrito, o preço conseguiu se recuperar um pouco e atualmente está sendo negociado um pouco acima de US$ 47.000.

No entanto, o sentimento geral em relação ao BTC permanece em um estado de “medo extremo”, de acordo com o índice de Medo e Ganância no mercado.

Índice de Medo e Ganância – Fonte: Alternative.me

O ativo agora tem um suporte sólido na média móvel de 200 dias e precisa manter esse nível para evitar outro declínio doloroso. O BTC perdeu cerca de 30% desde seu recorde histórico de 10 de novembro, mas não é de forma alguma o maior retrocesso do ano. Entre abril e julho, os preços foram corrigidos em 54% antes do retorno do ímpeto de alta. 

O analista da rede Willy Woo criou um mapa de calor que mostra uma representação visualizada das compras realizadas em fundo. Ele observou que “tem acontecido, é moderado, mas o mais importante, ainda não há sinais de uma nova cascata de liquidações”.

O CEO da Blockstream, Adam Back, acrescentou ao sentimento afirmando, “pode confirmar – foram as compras no fundo (BTFD – buy the f* dip) como de costume, desde a cascata de liquidação. Uma boa nova base de baixa alavancagem para construir.”

Venda de dólares pelo BC 

Os ativos negociados nas bolsas nacionais de ações têm pregão negativo com cena externa desfavorável hoje. Dólar subiu para R$ 5,67 mesmo com intervenção do BC e Ibovespa caiu. 

Os ativos passaram por uma sessão de ajustes no pregão de ontem. Sem apoio do cenário externo, onde os investidores se mantiveram na defensiva, com receios renovados sobre a variante ômicron e o início de uma semana carregada de decisões de juros de bancos centrais importantes, o dólar teve nova alta firme. 

Já o Ibovespa acabou sucumbindo à pressão de fora e terminou no vermelho. Após ajustes, o índice de referência da bolsa brasileira caiu 0,35%, aos 107.383 pontos, após tocar 109.493 pontos na máxima intradiária. 

No mercado de câmbio, a pressão vinda de fora e também o fluxo de saída de fim de ano levaram o dólar a fechar em alta de 1,01%, a R$ 5,67. Nem mesmo um leilão não programado do BC no mercado à vista, que injetou US$ 905 milhões, foi suficiente para conter o movimento.

Na sexta-feira o BC já tinha vendido US$ 687 milhões. Essa é a forma de intervenção do Banco Central no mercado de câmbio. Ele pode comprar ou vender dólar, retirando ou injetando dólar na economia brasileira, respectivamente. 

E quando realiza operações com instrumentos cambiais – contratos futuros atrelados ao dólar. É comum nos depararmos com notícias como “o Banco Central entrou comprando dólar no mercado”, ou ainda “O Banco Central fez operações de Swap Cambial”.

Leia também: Mais de 50% dos investidores institucionais esperam correção em 2022, segundo estudo

Elon Musk diz que Tesla aceitará dogecoin para algumas mercadorias

O preço do Dogecoin disparou 17% assim que Elon Musk tweetou que a Tesla vai começar a aceitá-lo como forma de pagamento

A mudança que muitos anteciparam e ainda mais aguardam parece estar em andamento. Tesla – o bilionário Elon Musk – vai começar a aceitar Dogecoin (DOGE) como pagamento por algumas de suas mercadorias. 

Enquanto isso, o preço da criptomoeda disparou imediatamente após o tweet. No momento em que este artigo foi escrito, o DOGE estava sendo negociado a 0,187, alta de quase 20% nas últimas 24 horas, segundo o CoinGoLive. 

O resultado das principais altcoins nas últimas 24 horas é o seguinte: Ethereum (-4,83%), Binance Coin (-4,02%), Solana (-6,47%), Cardano (-5,37%), Ripple (-3,90%), Polkadot (-7,14%), Dogecoin (+17,71%), Terra (-3,81%), Avalanche (-5,42%) e Shiba Inu (-3,48%). 

De acordo com o CoinGoLive, a capitalização de mercado de todos os ativos cripto caiu para cerca de US$ 2,26 trilhões nesta terça-feira.


Acompanhe as notícias do mercado cripto no grupo do Telegram do Cointimes (acesse) e tenha um ótimo dia de negociações.

Passfolio