As últimas semanas foram bastante desafiadoras em todo o mercado de criptomoedas, para dizer o mínimo. A capitalização total caiu mais de US$ 300 bilhões apenas nos últimos sete dias.

O Bitcoin, junto com a maioria das outras criptomoedas, está tendo problemas em termos de preço. No entanto, alguns indicadores técnicos podem sugerir que o fundo está se aproximando.

Nesta segunda-feira, o Bitcoin está enxergando queda de dois dígitos (13,5%) no gráfico semanal e é negociado a cerca de US$ 41 mil. O resto do mercado também caiu consideravelmente. Ethereum caiu 20%, BNB caiu quase 20%, Solana – 22% e assim por diante.

Um indicador amplamente utilizado – o Índice de Força Relativa (RSI) – pode sugerir que o fundo está se formando.

Esta é uma métrica que representa um oscilador de momentum e mede a velocidade e a mudança dos movimentos de preços. Ele oscila entre 0 e 100.

Tradicionalmente, quando o RSI está acima de 70, o ativo é considerado sobrecomprado e, quando está abaixo de 30, é considerado sobrevendido.

Ontem, 9 de janeiro, o RSI estava em seu ponto mais baixo desde o crash ocorrido em maio. A última vez que foi tão baixo foi em março de 2020 – durante a queda atribuída ao covid.

RSI do Bitcoin
Gráfico do bitcoin indicando as últimas grandes baixas e o indicador RSI. Reprodução/Twitter.

O que isso mostra é que em duas ocasiões distintas no passado não muito distante, quando o RSI do Bitcoin caiu para os níveis que está atualmente, isso marcou algum tipo de fundo local, e o preço aumentou substancialmente nos meses seguintes.

Outro possível indicador de fundo poderia ser o índice Bitcoin de medo e ganância – um medidor para o sentimento atual no mercado com base em vários critérios, como volatilidade, impulso do mercado, mídia social, pesquisas, dominância, tendências e assim por diante.

Atualmente, o índice mostra que o mercado está em um estado de “medo extremo”, como esteve durante algumas semanas.

Leia mais:

Compre Bitcoin na Coinext
Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br