O coronavírus fez a economia chinesa ter sua primeira contração trimestral em quase 5 décadas de crescimento, Pequim já começou a tomar medidas para voltar a crescer.

O PIB chinês caiu 6,8% no primeiro trimestre de 2020, graças a paralisação quase completa da economia no início de janeiro, feita para conter o covid19. Até mesmo a mineração de bitcoin foi afetada pela paralização chinesa.

É a primeira queda desde que a evolução trimestral do PIB começou a ser publicada em 1992. A contração foi tão grande, que não acontecia desde os tempos de Mao Tse Tung em 1976. Fechando o ciclo de quase meio século de crescimento chinês.

Mas o Partido Comunista quer que a China volte a crescer.

Bailouts de poluição

Para voltar ao crescimento, o Partido Comunista Chinês anunciou que tomará sérias medidas.

Primeiramente, o governo está diminuindo a fiscalização e as necessidades de proteção ambiental, conforme informa o The Guardian.

As permissões para operação de minas de carvão foram maiores em março do que em todo o ano de 2019.

Ampliação da reserva fracionária

Para estimular a economia, foi anunciado na China Central Television (CCTV) que um novo pacote de será feito.

As autoridades querem manter a liquidez, para isso será necessário diminuir as reservas bancárias. Uma medida semelhante foi tomada pelo governo brasileiro.

China tomando protagonismo

Apesar da enorme queda no PIB, o FMI acredita que a China crescerá 1% em 2020.

O HSBC está investindo mais na Ásia e vê potencial de crescimento exponencial de bilionários chineses.

“Esperamos que essa recuperação continue”, disse Louis Kuijs, chefe de economia asiática da Oxford Economics Hong Kong Ltd. “No entanto, a recuperação será desacelerada pela persistente fraqueza do consumo e pela demanda externa”.

BitcoinToYou –  Negocie criptomoedas sem pagar taxa
 
A primeira corretora do Brasil, negociamos criptomoedas desde 2010. 
Abra sua conta grátis!