Há muitas empresas que compram bitcoin, com o aumento da popularidade da criptomoeda, muitas empresas e grandes corporações abriram o olho para esse ativo financeiro.

Nesse post vamos falar de algumas empresas, conglomerados ou fundos que compram ou investem direta ou indiretamente em bitcoin.

Itaú e XP Investimentos?

O Itaú pode ser o pior banco quando falamos de suporte a empresas de criptomoedas, é sabido que ele fecha a conta de 99% das corretoras de bitcoin.

Entretanto, a XP Investimentos, empresa cujo Itau possui grande controle detém uma mesa de negociações de criptomoedas. Os fundadores da XP inclusive lançaram recentemente uma corretora de bitcoins.

Quem diria que o maior banco do Brasil está tão envolvido com bitcoin, talvez seja apenas por combinar pela cor.

Goldman Sachs? Você por aqui?!

Um dos maiores bancos do mundo é fiel comprador de bitcoin. Alguns observadores clamam que o Goldman é o dono da 6° maior carteira de bitcoins do mundo.

Sexta carteira mais rica de Bitcoins US$500Mi – Veja quem pode ser

Em 2017 um episódio envolvendo o banco e a compra de bitcoins foi alvo de investigação criminal; O banco foi acusado de manipular o mercado, pois, um dia antes de comprar milhões de dólares em criptomoeda, o diretor do banco fez comentários derrogativos sobre o criptoativo, derrubando o preço.

Os bancos realmente apresentam um complexo sério de multiplas personalidades.

A sabedoria das universidades

Completamos nossa lista com algumas instituições renomadas no mundo educacional e também dos investimentos.

Há menos de duas semanas noticiamos que quase uma dezena de populares universidades ao redor do mundo investiam em fundos de criptomoedas.

Dentre essas universidades temos Harvard, Stanford e até o MIT. Essas instituições geralmente investem a longo prazo no mercado financeiro, principalmente em ações seguras de grandes corporações (blue chips).

Harvard, Stanford e MIT investiram em fundos de criptomoedas

No final foram mais de 5 empresas e instituições investindo direta ou indiretamente (por meio de fundos ou empresas compradas) na compra de bitcoins. Espero que tenha gostado do artigo com algumas curiosidades.

Se achou interessante compartilha nas redes sociais.