Atila Iamarino é pesquisador, biólogo e especialista em virologia, famoso pela sua atuação na divulgação científica no Brasil principalmente pelo canal Nerdologia. Segundo ele, estamos ainda no começo da crise do coronavírus.

Em uma entrevista para o canal Aviões e Músicas, o pesquisador falou sobre alguns mitos relacionados ao coronavírus e as implicações dele para a economia e para as pessoas.

Para ele não é necessário ficar tão preocupado com o coronavírus a menos que você esteja em uma faixa de risco como: idosos, diabéticos com glicemia descontrolada e pessoas com imunidade baixa.

“você não vai ver gente falando ‘putz’ alguém da minha família pegou o corona e morreu, você vai ver alguém falando minha escola fechou, meu trabalho fechou, perdi um emprego

O impacto aconteceria mesmo na infraestrutura e na economia, visto que as pessoas doentes necessitam de atenção médica, tempo para recuperação e não há leitos suficientes para atender a todos, nem mesmo nos países mais desenvolvidos.

“Quem cuida da infraestrutura, do transporte da saúde… tem muito medo pois não pode deixar isso tudo ser comprometido muito rápido”, disse Átila.

Vírus durando 1 ano?

Diferente das outras doenças como a SARS, o coronavírus parece se espalhar por ciclos, então aos poucos as nações vão sendo afetadas.

“O que era para ser um negócio de 3 meses, para cada país novo que entra nesse ciclo, a duração dele estende… Então se o que a gente teve da SARS em 2013 durou 2 ou 3 meses, se o 11 de setembro durou alguns meses. Imagina agora que Europa vai entrar daqui alguns meses, Ásia deve entrar América do Sul vai entrar. Então a gente deve ter pelo menos um ano ou mais aí” , disse Iamarino

Para ele, o Brasil foi poupado até agora por não ser um grande hub como o Irã, Estados Unidos e Itália.

“A gente no Brasil foi poupado pois não somos um hub que as pessoas vem”.

O que isso pode significar para a economia?

Os impactos econômicos de uma pandemia tão duradoura são incalculáveis. Indústrias que movimentam centenas de bilhões de dólares serão afetadas, como turismo, aviação e até mesmo a produção industrial como aconteceu com os as máquinas de mineração de btc.

Se algumas áreas não têm saída, outras se preparam como podem. Por exemplo, alguns bancos se preparam para o impacto mandando seus funcionários para bunkers.

Para se ter noção da grandiosidade do impacto, só em um jogo cancelado entre Real Madri e Manchester City que iria ocorrer nessa semana o prejuízo foi de R$47 milhões. Lembremos que a NBA cancelou todos os jogos e vários campeonatos de futebol estão na mesma situação.

Isso é apenas no esporte, a situação no turismo levou a demissão do CEO da CVC.

Ou seja, se realmente o ciclo viral continuar conforme previsto pelo especialista, poderemos entrar em uma séria recessão global muito pior do que a que vimos em 2008.

Veja também: Peter Schiff diz que crise de Coronavírus será pior que 2008