Uma das exchanges de bitcoin pioneiras no Brasil, Foxbit, acaba de receber R$ 110 milhões da gigante OKX (antiga OKex) em uma rodada de investimentos de Série A.

De acordo com o CEO da Foxbit, João Canhada, a parceria com o OK Group, empresa mãe da OKX, valida uma história de sucesso e possibilita a ampliação e contínuo aprimoramento dos produtos da corretora.

Com o investimento, a corretora brasileira pretende expandir suas atividades com, por exemplo, novos pares de negociação, além de desenvolver novas tecnologias e contratar mais pessoas.

Conforme apontou Canhada, a Foxbit operou desde a sua fundação em 2014 até o momento de forma independente, sem um grande investidor por trás. “A empresa evoluiu muito nesses últimos anos e junto com os meus sócios entendemos que esse investimento agora era um passo necessário”, disse o CEO da exchange brasileira.

Para a Estrella, responsável pelo departamento de investimentos do OK Group, a Foxbit foi bem sucedida em construir uma forte base de usuários e isso levou a empresa a querer impulsionar o crescimento da empresa e o desenvolvimento de novos produtos.

“Teremos também um reforço em nossa operação da mesa OTC, Foxbit Invest, que está plenamente capacitada para atender todo mercado financeiro brasileiro com o maior parceiro do mundo, que negocia mais de US$ 20 bilhões diariamente com a melhor tecnologia do mercado para qualquer tamanho de operação.” diz Ricardo Dantas, Co-CEO da Foxbit.

Veja também:

Compre e venda Bitcoin e outras criptomoedas na Coinext
A corretora completa para investir com segurança e praticidade nas criptomoedas mais negociadas do mundo.
Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br