Breaking News  
Gastar por impulso nunca mais! 5 dicas para mudar seus hábitos Finanças

Gastar por impulso nunca mais! 5 dicas para mudar seus hábitos

Vamos mudar nossos hábitos nesse ano de 2019? Separamos algumas dicas para vocês.

Isac Honorato
Isac Honorato

Gastar por impulso é a compra mais comum no nosso dia a dia. É aquela blusinha que você vê na vitrine da Riachuelo no shopping, aquele livro que você está querendo e a Amazon te manda um e-mail dando 10% de desconto e frete grátis ou aquele brigadeiro maravilhoso que a tia vende próximo ao seu trabalho que é 4 por R$10,00 e você pensa “vale a pena, tá barato”.

Toda compra que não foi pensada com antecedência é uma compra por impulso. Que isso fique bem claro.

E Sabe quem é o maior vilão dessas compras impulsivas? O CARTÃO DE CRÉDITO! Mas isso vamos falar em outro post.

Pesquisa do impulso

De acordo com a pesquisa feita pela Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL), as aquisições mais feitas por impulso são roupas, calçados e acessórios com 19%, compras em supermercados com 17%, perfumes e cosméticos com 14% e pra fechar idas a bares e restaurantes com 13%.

Por gênero, 23% das mulheres realizam compras de roupas e acessórios por impulso , enquanto 13% dos homens são as aquisições de eletrônicos .

Já na internet, 33% dos consumidores acredita que as lojas online estimulam o consumidor a fazer novas compras ao oferecerem mais possibilidades de parcelamento.

Você consegue identificar o perigo disso?

Vamos acabar com isso, você tem que se controlar!

Gastar por impulso não é de todo ruim. Às vezes você consegue aproveitar uma super promoção ou desconto que só aquele momento vai te dar. A grande questão é isso não virar um costume.

No momento que você está começando a cuidar das suas finanças, você vai começar a planejar e pensar em estratégias para diminuir todos os seus gastos que vão de roupas até comidas.  

A seguir temos super dicas de como você vai começar mudar seu comportamento para esses gastos.

https://cointimes.com.br/os-melhores-aplicativos-para-controlar-seus-gastos/

Dicas de mestre

1- Entender de onde vem essa vontade

Como assim entender de onde vem essa vontade ou necessidade de comprar?

Isso mesmo, entender se essa vontade foi despertada por um amigo, influenciador ou familiar. Isso pode até ser algo mais grave, mais voltado para stress e ansiedade.

O ato de comprar de deixa mais feliz e mais tranquilo, mas ele é passageiro. Pense em controlar seu stress ou ansiedade de outra forma.

2 – Medo de perder a oportunidade

Esquece essa ideia que aquela promoção só vai ter naquele dia, hora e momento. Esse medo é muito comum, perder a oportunidade de algum desconto maravilhoso que nunca vai acontecer, sempre vai aparecer.

Hoje temos diversos serviços como o Google Shopping e o Escolha Segura por exemplo, que te dão histórico de preços e você consegue identificar se realmente aquela promoção vale a pena naquele momento.

Vai falar que nunca aconteceu de você deixar a promoção passar e depois de 1 mês volta a mesma promoção com mesmo preço ou mais baixo?

3- Entenda seus gastos e separe um valor para cada um

Isso foi uma das lições que mais mudou minha vida financeira. Tipo muito sério!

Vou passar exatamente o que eu fiz para mudar o meu comportamento. Eu separei a minha vida inteira por categorias, isso mesmo, categorias.

Então temos a categoria Saúde, Educação, Lazer, Pagamentos, Contas, Transporte e por aí vai. Mas dentro de cada uma delas tem outras sub-categorias para ter um maior controle.

A ideia é você ter um limite por mês para gastar com cada coisa e você não pode passar do limite.

No caso de ir em um restaurante por exemplo, entraria em Lazer, que tem um limite de R$200,00 no mês. Então isso é o que eu vou gastar. Posso gastar de uma vez ou sair 4 vezes de R$50,00, certo? Certo, mas a grande questão é você controlar isso.

4 – Faça lista de tudo

Outra bela forma de não gastar por impulso, é entender o que você precisa e o que você gostaria de ter.

Coloque tudo em uma folha de papel e faça uma lista. Mas como isso vai me ajudar?

Você entendendo essa diferença você consegue traçar um objetivo através dos gastos e muito do que você gostaria de ter, você vai começar a se planejar para conseguir.

Você pode até usar aplicativos para ter esse controle.

5- Cartão de crédito

Vamos ser sinceros, o cartão de crédito facilita muito as comprar impulsivamente. Foi a primeira coisa que falei neste post e você vai concordar comigo.

Quantas vezes já passamos pela situação de ir comprar algo e quando chegou lá não tinha o cartão e você simplesmente deixou pra lá porque não era relevante? Era apenas momentâneo.

Você está precisando de uma roupa? Vai somente com o valor exato para gastar com aquela roupa. Você vai sair para comer? Leve somente o que realmente vai ficar dentro do seu orçamento para o rolê.

Sabe a dica 3? Combando como o cartão de crédito em casa vira um monstro da administração das finanças pessoais, façam esse teste.

Dica plus

Tenha objetivo claros! Se você quer ter controle sobre suas finanças tenha objetivos para elas.

Somente com objetivo e planejamento você vai alcançar.

Gostou das dicas? Façam um teste e conta pra gente se as dicas deram certo!

Gostou do conteúdo? Quer receber mais análises como essa? Então se inscreva no canal do Cointimes no Youtube e siga o FacebookTwitter e Instagram.

Isac Honorato
Isac Honorato

Editor e roterista do Conexão Satoshi e dos programas do Cointimes, eu fui responsável pela co-criação do Foxbit Educação, por todo o projeto de layout do Cointimes e do novo site da Foxbit. Sou nerd, designer, filmaker e especialista em marketing de conteúdo na Foxbit.

O Cointimes utiliza cookies com o objetivo de melhorar sua experiência em nossa página web e adaptar o conteúdo para torná-lo mais útil e acessível. Para mais informações, consulte a nossa política de cookies.