Na segunda-feira, dia 4 de janeiro, Alli McCartney, uma consultora de gestão patrimonial privada da UBS Group AG, uma das principais empresas globais de gestão de fortunas, explicou por que há “muito interesse” no Bitcoin entre seus clientes ricos.

Segundo ela, o interesse pela principal criptomoeda do mercado já existe há bastante tempo. “Muitos indivíduos muito ricos, mesmo aqueles que ganharam seu dinheiro com fontes de financiamento muito tradicionais, assumem o risco. E eles entendem o conceito de correr riscos”, disse.

A executiva do banco de investimento afirmou também que as maiores fortunas estão entrando no Bitcoin agora como um jogo de alocação de ativos. Segundo McCartney, é por algumas compras realmente grandes que estamos vendo esse aumento de preço significativo.

A narrativa inicial era de que o Bitcoin representava uma reserva de valor apolítica com potencial de diversificar o portfólio. Depois, você vê a adoção na forma do Índice Bloomberg Galaxy, a custódia por parte da Fidelity ou mesmo o PayPal permitindo a compra e venda de criptoativos. De acordo com McCartney, essas e outras notícias indicaram uma relação de risco-retorno muito atraente para os investidores.

“Portanto, a adoção está subindo, o preço está subindo e a falta de alternativas disponíveis no mercado, em termos de serem diversificadores, como os títulos, em grande parte saiu pela janela em termos de seu risco-retorno relativo …

E, a propósito, ao contrário de um investidor de varejo, a suposição é de que eles não são especuladores. Estas são compras e reservas de longo prazo que podem criar algum tipo de piso substantivo para a moeda.”

Veja também: “Bitcoin é melhor que ouro”, diz fundador da SkyBrigde Capital

Compre e venda Bitcoin e outras criptomoedas na Coinext
A corretora completa para investir com segurança e praticidade nas criptomoedas mais negociadas do mundo.
Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br