A quantidade movimentada equivale a pouco mais de 15 dias de mineração (considerando 900 BTC/dia), o que pode indicar um momento forte de capitulação, com mineradores despejando todos os novos bitcoins criados do começo do mês até agora; ou apenas uma grande baleia guardando suas moedas em segurança em uma nova carteira fria.

Análise on-chain mostra transações de 14.300 BTC de mineradores

Na tarde desta sexta-feira (15 de julho), o analista on-chain Cauê Oliveira identificou a movimentação de 14.300 BTC de mineradores para uma carteira desconhecida e publicou um tweet com a suspeita de se tratar de um possível depósito em exchange, indicando capitulação dos mineradores.

Fonte: Twitter (@caueconomy)

A quantidade surpreendeu o mercado, colocando diversos analistas em estado de alerta, tentando descobrir do que se tratava.

A plataforma de análise on-chain, CryptoQuant, não classificou a movimentação como “para endereço de exchange”, o que poderia indicar que o destino não foram os livros de ofertas das plataformas de negociação conhecidas.

Isso significa que pode ter sido uma grande movimentação no mercado de balcão (OTC), ou apenas a criação de uma nova carteira fria (cold wallet).

Ao seguir o rastro das transações, foi identificado que elas se originaram da pool de mineração: Poolin, que possui cerca de 10% de toda a hashrate produzida na rede do Bitcoin.

Fonte: BTC/pools

O destino foi para uma carteira desconhecida e tudo isso aconteceu em apenas um único bloco. O que também é bastante inusitado.

15 dias de mineração do bitcoin

É curioso notar que a quantia transacionada (14.321,34123535 BTC) equivale a cerca de 15,90 dias de mineração, se considerarmos a emissão de 900 BTC por dia com a recompensa de blocos de 6,25 BTC a cada 10 minutos. Somando as taxas, esses valores poderiam ser muito próximos de toda a quantidade minerada pela rede desde o dia 01 de julho até agora (15 de julho).

Na cotação atual, o valor representa cerca de US $300,74 milhões.

Ao se originar de apenas uma pool de mineração, o que temos é um valor simbólico proporcional a toda a inflação gerada na rede do bitcoin na primeira quinzena deste mês.

Leia mais:

Passfolio