No seu resumo semanal dessa semana temos uma grande decisão da SEC, o governo do Canadá buscando mais transparência e muito mais.

SEC rejeita 9 propostas de ETF de bitcoin

Jay Clayton diretor da SEC

A Securities and Exchange Commission (SEC), instituição semelhante a CVM no Brasil, rejeitou 9 ETFS (exchange-traded funds) de Bitcoin, que são fundos negociados na bolsa como se fossem ações.

Apesar da notícia negativa o preço do bitcoin se manteve estável. Pouco tempo após a rejeição o órgão anunciou que iria revisar as propostas, resultando em um pequeno pump de 100 dólares em 30 minutos.

Nasce uma nova esperança para Wall Street? Sim, entretanto, o Bitcoin não precisa da SEC, os grandes players do mercado sim.

Veja mais detalhes no site da Coindesk.

Órgão do governo canadense cria explorador de blocos na rede Ethereum

trudeau primeiro ministro do Canadá apontando

Um órgão de pesquisa e inovação canadense criou um mecanismo para criar mais transparência nas contas públicas. Eles utilizaram o blockchain da rede Ethereum para exibir suas informações fiscais, o site fica disponível para toda a população.

Será que algo assim funcionaria no Brasil?

Veja mais detalhes e como o Brasil poderia se beneficiar de um sistema tão transparente:

https://cointimes.com.br/governo-do-canada-cria-um-explorador-de-blocos-na-rede-ethereum/

Co-fundador da Apple está impressionado com as criptomoedas

wozniak co-fundador da Apple sorrindo

Steve Wozniak, a mente por trás dos primeiros produtos da Apple, disse que o mercado de criptomoedas parece com o da internet nos primeiros dias.

“É meio que a internet quando ela era super nova… Estou impressionado com a tecnologia por trás disso”.

Wozniak está envolvido no projeto de uma startup, chamada EquiCapital, que pretende revolucionar o mercado de investimentos.

Não sabemos se a EquiCapital será uma outra Apple, mas é certo que a jornada das criptomoedas ainda está no seu inicio.

Banco mundial emitirá bonds em blockchain pela primeira vez

Banco mundial

O Banco Mundial irá até o final do mês lançar seu primeiro empréstimo , de 73 milhões de dólares.

O banco Australiano CommBank será o responsável pela criação do token, chamado de “Bond-i”. A ideia é facilitar a negociação de ativos entre investidores.

A decisão é o primeiro passo para automatizar o processo de emissão desses ativos, diminuindo os custos e gerando mais transparência.

Mais detalhes no site da Reuters.

Dólar bate R$4,11 e real derrete

Temer triste

O dólar teve uma nova alta nessa semana, na quinta-feira chegou a bater 4,11. Já o dólar turismo estava sendo negociado por volta de R$ 4,30.

A instabilidade devido a indefinição das eleições de outubro tem afastado investidores. Segundo análises do Credit Swiss há riscos de uma escalada ainda maior da moeda norte-americana.

Tal escalada é um ponto positivo para indústria de exportação, que consegue ser mais competitiva. Porém pressiona os preços internos das commodities como arroz, feijão e também aumenta os preços de produtos importados de grande valor agregado, como computadores e smarthphones.

Veja os motivos para isso estar acontecendo com o real no post da Market Insider.