Alter - Criptoback

Em vídeo publicado nesta segunda-feira (5), o youtuber Nando Moura alerta para um possível novo período de hiperinflação no Brasil. Ele está certo?

A época da inflação descontrolada vivida nos anos 90 foi conturbada, as famílias precisavam comprar tudo que precisavam imediatamente após receber o salário, pois os preços dos itens básicos aumentavam diariamente.

Para ilustrar, Nando Moura usou uma analogia:

“Imagine que o PlayStation 5 é anunciado por 5.000 reais, no dia seguinte ele já custa R$ 5.500, mais dois dias ele custa 6 mil reais. No final da semana, ele custa 7 mil reais, chega final do mês, ele custa 15 mil reais. Isso é viver sob a hiperinflação.”

Esse fenômeno pode voltar? 

Como o Cointimes noticiou anteriormente, o real foi a moeda que mais se desvalorizou em 2020, superando o peso argentino. Além disso, devido à alta do dólar, o preço dos alimentos já vem aumentando.

Alter - Criptoback

Mas segundo Nando Moura, a tendência é piorar, com uma “inflação represada” que deve estourar no próximo ano.

“Todos os grandes grupos, como Carrefour e B2W, a cada 100 reais de compra o lucro que esses grupos têm é de 3 a 4 reais, basta que você pegue os balanços. Significa que esses preços não vão poder ser mantidos por muito tempo.”, alertou ele.

Em seguida, Moura mostra um vídeo do ministro da economia Paulo Guedes dizendo que se o teto de gastos for deixado de lado, “o povo é jogado no inferno”.

“É uma irresponsabilidade furar o teto de gastos. Uma coisa é você furar o teto porque você está salvando vidas em um ano de pandemia. Se uma segunda onda [de covid] voltar, aí sim nós decisivamente vamos fazer algo a respeito.

Agora você furar o teto para fazer política, para ganhar eleição, isso é irresponsável com as futuras gerações, isso é mergulhar o Brasil em um passado triste de inflação alta.”, finalizou Guedes em uma entrevista.

Nesse sentido, Nando Moura critica a possibilidade do teto de gastos ser desrespeitado para cumprir com o novo programa Renda Brasil, “um bolsa família com outro nome”, de acordo com ele.

Nesse caso, “essas migalhas que [o programa] distribui, de 350 ou 400 reais, não vão servir para comprar nem um saco de jujuba no supermercado porque a inflação vai nos engolir”, finaliza o youtuber.

Alter - Criptoback

Por fim, ele afirma que a única forma de impedir essa situação seria “parar de idolatrar político” e começar a cobrá-los. Porém, o youtuber deixou de citar maneiras de fugir individualmente das consequências econômicas promovidas pela política, que independem do governo.

A compra de moedas estrangeiras como dólar ou euro, já são fugas à queda do real. Mas se os perigos da inflação forem globais, como acreditam alguns economistas, ativos verdadeiramente escassos como ouro e Bitcoin podem ser as melhores alternativas.

Nando Moura x Bitcoin

Embora Nando Moura tenha zombado a criptomoeda no passado, dizendo que estava orando pelos investidores quando o BTC caiu de 25 mil para 16 mil.

Hoje, o bilionário pioneiro em fundos de investimento Paul Tudor Jones está usando o BTC como hedge contra a inflação, tão temida pelos brasileiros.

Alter - Criptoback
nando moura criticando investidores de bitcoin

Vale notar que o youtuber citava “gente que depositava os sonhos nisso”, o que é realmente arriscado e não recomendado. Tudor Jones, por exemplo, alocou apenas cerca de 2% do capital do seu fundo na criptomoeda.

Uma hiperinflação é realmente um perigo real para um futuro próximo? Deixe sua opinião nos comentários abaixo.

Veja também: Renda Cidadã e contabilidade criativa de Bolsonaro ajudam o Bitcoin


Invista em criptomoedas com segurança, alta liquidez e as menores taxas do mercado.

NovaDAX: a exchange mais completa do Brasil com mais de 25 criptomoedas listadas e a melhor nota de atendimento ao cliente.

Conheça novadax.com.br