Peter Schiff é um milionário, comentarista e libertário que em 2006 previu o estouro da bolha do subprime, desta vez está alertando para uma possível hiperinflação.

“Acho que a hiperinflação, por pior que seja, costumava pensar que esse era o pior cenário. Agora, é o meio que o mais provável. Não é uma garantia, mas para evitar a hiperinflação, as coisas terão que ficar muito, muito ruins. “, disse Schiff em sua conta no Twitter.

Como resultado da política recente dos Estados Unidos de injetar mais de US$6 trilhões no mercado, o milionário crê na derrocada do dólar. E não é só ele que pensa isso.

Logo após Trump assinar o resgate que dará a cada adulto nos Estados Unidos ganhando menos que US$ 75 mil , US$1200,00 os mercados reagiram negativamente.

A moeda de Trump perdeu 4% de valor ante ao Euro e ao Dólar Canadense. Ela perdeu ainda mais valor para a Libra do Reino Unido, -7%:

USDGBP 1h. Source: TradingView

Já Anthony Pompiliano trouxe o Bitcoin como uma alternativa às moedas do governo:

“O dinheiro da Fiat está ficando mais abundante. Bitcoin está ficando mais escasso. Eduque-se. Ninguém vai cuidar de você, além de você.

Leia também: Como o Banco Central aumenta a desigualdade

E de acordo com os dados dos próprios Bancos Centrais, a quantidade de moedas em circulação está aumentando de maneira absurda nos últimos dez anos.

fed dinheiro em circulação

E aí, você acha que esse cenário de hiperinflação vai chegar? O Itaú não acredita nisso, veja o que o maior banco da América Latina vê como cenário provável para os próximos meses:

Compre Bitcoin na Coinext
Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br