Coingoback

Em conversa com o Cointimes sobre o quadro regulatório no país, José Artur Ribeiro, CEO da Coinext, afirmou que ninguém segura o progresso. Quanto mais tempo demorarmos para melhorar o ambiente de negócios, mais temos a perder. Afinal, a fuga de capital é um problema real para o país.

“As Instituições Públicas terão que aprender a conviver com os dois mundos, o mercado financeiro tradicional e o mercado de criptoativos. Algumas jurisdições saíram na frente, entenderam a natureza descentralizada dos criptoativos e estão conseguindo conciliar, criando um ambiente de negócios saudável para todos.

Ótimos exemplos disso são o Japão, Estônia e Suíça. Por aqui, alguns governantes já começam a preparar de uma forma organizada o convívio entre os mercados (tradicional e cripto). Quanto mais os países, Estados e governos demorarem para fazer esse tipo de abertura e conciliação, maior será o tempo perdido. Ninguém segura o progresso.”, disse Ribeiro.

Enquanto isso, André Horta, CEO da Bitcointoyou, fez um apelo ao Congresso para que os legisladores avancem com os projetos de lei e envolva a comunidade para que o Brasil seja um exemplo a ser seguido pelos demais países.

Veja também: Como o Brasil pode se tornar o paraíso do Bitcoin? Especialistas comentam


BitPreço, o maior marketplace da América Latina. Compare os preços das principais exchanges do Brasil e mundo, e compre Bitcoin, Ethereum e USDT pelo melhor preço sempre.

Crie sua conta grátis agora!