O número de usuários de criptomoedas dobrou no primeiro semestre, de acordo com uma pesquisa recente da exchange Crypto.com.

Um estudo realizado pela corretora identificou mais de 220 milhões de usuários de criptomoedas até o final de junho, de acordo com um comunicado enviado por e-mail.

A empresa disse que usou dados on-chain e outros parâmetros para compilar os números de 24 das maiores plataformas de cripto do mundo.

De fevereiro a maio a exchange percebeu meses particularmente ativos, com números subindo de 106 milhões para 203 milhões. Grande parte do crescimento durante maio, quando a repressão da China aos mineradores de bitcoin se estreitou e o CEO da Tesla, Elon Musk, comentou sobre a pegada de carbono do bitcoin, veio da adoção de altcoins.

A participação dos detentores de altcoins aumentou de apenas 20% do total entre janeiro e abril para cerca de 37% em maio e junho.

O número se compara com os nove meses que levou para a base de usuários atingir 100 milhões de 65 milhões.

“O crescimento que vimos no primeiro semestre de 2021 em nossa plataforma e em todo o setor é muito encorajador, e continuaremos investindo pesadamente enquanto buscamos nosso objetivo de colocar criptomoedas em todas as carteiras”, disse Kris Marszalek, CEO da Crypto.com, em declaração.

Comentando o estudo no Twitter, o CEO da MicroStrategy Michael Saylor afirmou que o Bitcoin é agora detido por mais de 114 milhões de pessoas, tornando-o o ativo financeiro de crescimento mais rápido e mais amplamente detido na história do mundo. O número de detentores de Ethereum (ETH) ficou em 23 milhões, segundo a pesquisa.

Leia também:

Compre e venda Bitcoin e outras criptomoedas na Coinext
A corretora completa para investir com segurança e praticidade nas criptomoedas mais negociadas do mundo.
Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br