O Paraguai tem um excedente de energia de 5.500 MW em suas hidrelétricas e, no momento, existem no máximo 20.000 unidades ASIC em operação.

O que poderia desencadear uma onda de investimentos em grande escala para o país vizinho, é o êxodo dos mineradores de Bitcoin na China e a apresentação de um projeto de lei para regulamentar a mineração de ativos digitais no Paraguai. 

Empresas e mineradores estão de olho na “Lei que regulamenta a indústria e a comercialização de ativos virtuais e criptoativos” do país. Em três anos mais de 500.000 mineradores de criptomoedas serão esperados, caso seja consolidada a política de amizade com a indústria de criptomoedas. 

Atualmente, há pelo menos 8 grupos econômicos chineses que têm interesse em realocar suas operações de mineração para o Paraguai. Como conta Benítez Rickmann ao CriptoNoticias, CEO da mineradora Digital Assets e consultor do projeto de lei local para regular criptomoedas, um dos grupos de mineradores que já chegou ao país e vai instalar cerca de 90 mil equipamentos nos próximos meses.

“Na China, foram desligados 6.000 MW e isso coincide com o que existe no Paraguai, que tem um excedente de energia de 5.500 MW. É muito atraente para eles. Tenho muitos nomes de empresas de todas as partes que têm muito interesse em vir para o Paraguai ”, explicou Benítez.

A iniciativa do Projeto de Lei foi elaborada pelo deputado Carlos Rejala e pelo senador Fernando Silva Facetti, apresentada em cerimônia privada e posteriormente perante o Congresso Nacional da República.

A Administração Nacional de Eletricidade terá maior influência no campo da mineração de criptomoedas. É este braço do Estado que cuida das duas grandes hidrelétricas do país:  Itaipu (Paraguai-Brasil) e Yacyretá (Paraguai-Argentina). Juntas, as duas geram cerca de 8.500 MW, dos quais o Paraguai consome apenas 3.300 MW.

Por conta desse “excedente de energia”, do lado paraguaio, um grupo de legisladores pretende que a referida lei seja aprovada logo. Isso porque ela traria novos investimentos, pagaria impostos e colocaria o Paraguai no mapa mundial das nações com poder de processamento na rede Bitcoin.

Leia Mais: 

A NovaDAX está completando três anos!

Uma das maiores corretoras de criptoativos do Brasil completa três anos no mês de novembro e quem ganha é você! 

Serão até 30 moedas com taxa zero para transações e mais de 80 moedas listadas, com saque disponível na hora e alta liquidez. 

As criptomoedas com as melhores taxas do mercado! Basta ativar o programa gratuito Novawards e aproveitar taxas reduzidas em até 75%.

Conheça ainda o Cartão NovaDAX e peça já o seu.