Breaking News  
O preço do bitcoin está caindo e a culpa é sua Opinião

O preço do bitcoin está caindo e a culpa é sua

Lucas Bassotto
Lucas Bassotto

Não aprendemos nada com o Bitcoin

Tomados pela sede de lucro durante as altas insanas no segundo semestre de 2017, nos tornamos viciados em valorizações absurdas de 10% ao dia, eu me incluo nisso. No auge da exuberância irracional, o mercado virou, veio o desespero e a abstinência. Esquecemos completamente do propósito e dos princípios por trás do surgimento do Bitcoin.

Ele foi criado para ser uma alternativa ao sistema financeiro que nos levou a maior crise da história. Satoshi, através de sua criação, nos deu a possibilidade de ter um dinheiro livre de alta inflação, escasso, sem necessidade de bancos, governos e inconfiscável por qualquer autoridade.

Com o Bitcoin nós somos os donos de nossa própria riqueza, podendo transferir para quem bem entendermos, sem dar satisfações a ninguém, em apenas alguns minutos para qualquer lugar do mundo.

Não estou dizendo que todo mundo que compra Bitcoin tem que ser libertário (veja o que é isso), ou algo do tipo. Você é totalmente livre para comprar a moeda para fins especulativos e enriquecimento rápido, afinal, todos nós gostamos de ganhar dinheiro. Mas precisamos entender o mínimo do propósito do ativo no qual estamos investindo.

Uma doce ilusão

Agora estamos chegando ao ponto de implorar para que a SEC aprove o ETF do Bitcoin. Ficamos empolgados quando vemos uma notícia falando que o Goldman Sachs vai comprar trilhões em Bitcoin.

Comemoramos quando os contratos futuros chegaram em Chicago e coincidentemente a correção começou no mesmo dia. Daqui a pouco estaremos pedindo a regulamentação do Bitcoin para dar maior segurança ao mercado.

A grande questão é: o Bitcoin precisou de alguma ajuda do estado e do sistema financeiro para chegar em US$19 mil? Precisamos de um ETF para chegar a milhões de usuários fazendo transações? Não.

O Bitcoin chegou lá sozinho, porque ele é uma disrupção como ativo e tecnologia. Ele era para ser uma alternativa ao sistema financeiro, não um tentáculo dele.

A única coisa que o Goldman Sachs fez foi quase levar a economia mundial para o abismo. Agora nós queremos que ele invista parte de seus fundos em Bitcoin, porque estamos pensando simplesmente em uma valorização. Comemoramos qualquer notícia que pode fazer o preço subir, sem ter o mínimo de reflexão sobre isso.

Como os bancos estão destruindo o Bitcoin

Os grandes bancos não irão fazer uma pressão para que os estados, munidos de autoridade, proíbam o Bitcoin. Eles iriam incorrer no mesmo erro feito anteriormente: a proibição e confisco do ouro. Quando você quer destruir um ativo, essa é uma péssima estratégia, porque as pessoas se solidarizam com o ativo em questão, como foi com o ouro.

Se você quiser destruir um ativo de forma eficaz, deve fazer as pessoas odiá-lo. Isso é muito fácil, com os mercados futuros, os grandes bancos podem manipular a cotação facilmente. Isso já existe no mercado de metais preciosos e está começando a ocorrer agora no mercado de criptomoedas, o nome dessa prática é “supressão de preços”.

Através dessa prática, você mantém os preços sempre sob controle, evitando grandes rallys como no ano passado. Os investidores ficam cada vez mais frustrados com seguidas baixas até se livrarem de suas criptomoedas. Assim, os investidores perdem sua fé e confiança no ativo, até passar a odiá-lo.

Dessa forma, o mercado financeiro começa a acumular cada vez mais moedas, até forçarem um novo rally, vendendo as moedas a um preço mais caro para quem, anteriormente, se desfez delas. Os bancos estão ganhando essa batalha e, nós não estamos nem ao menos percebendo.

Não acredite. Verifique.

Se você tem Bitcoin e pensa em vender, não o venda barato. Já passamos por grandes crashes, ataques, tentativas de proibição e ele ainda continua resiliente e cada vez mais forte. O valor do Bitcoin vem de sua escassez, criptografia e matemática, isso é melhor do que qualquer lastro. A moeda dos bancos pode ser criada indefinidamente através de reservas fracionárias.

Nosso dinheiro não tem lastro algum a não ser em palavras do estado escritas em um papel. Uma hora essa conta não vai mais fechar, podendo trazer graves consequências ao sistema financeiro. Nessa hora, você vai querer ter Bitcoin . Aprenda a dar mais valor a ele. 

texto bitcoin
Chanceler à beira de segundo resgate aos bancos – The Times. Título da reportagem pode ser encontrado no Bloco Gênesis do Bitcoin

Caso tenha gostado, compartilhe com seus amigos nas redes sociais. Se quiser continuar recebendo conteúdos como esse, favorite o Cointimes e ative as notificações clicando no notificações

Lucas Bassotto
Lucas Bassotto

Sou Lucas Bassotto, graduando em Economia. Um grande entusiasta do mundo da criptoeconomia. Atualmente trabalho na Foxbit produzindo conteúdo.

O Cointimes utiliza cookies com o objetivo de melhorar sua experiência em nossa página web e adaptar o conteúdo para torná-lo mais útil e acessível. Para mais informações, consulte a nossa política de cookies.