Passfolio

Os relatórios sobre a inflação de junho foram divulgados, e não parecem bons. Os preços ao consumidor nos EUA foram mais altos do que o esperado, em rumo a uma alta de mais de 40 anos.

Os preços crescentes não serão capazes de esfriar a meta de 2% para as taxas de juros do Banco Central dos EUA, e parece que a situação continuará assim nos próximos anos, segundo Ben Kirby, co-diretor de investimentos da Thornburg Investment Management.

Kirby disse à CNBC que a inflação será volátil e “mais alta nos próximos anos do que na década passada,” e ela oscilará sem uma linha de tendência clara. 

Dados do Bureau of Labor Statistics dos EUA mostraram que o índice de preços ao consumidor subiu 9,1% em relação ao mesmo período do ano passado, acima da leitura de 8,6% de maio – o que também foi uma alta de 40 anos.

Passfolio

Onde investir no atual cenário

Dada a incerteza em torno do aumento dos preços, Kirby acredita que os investidores devem procurar ter uma carteira equilibrada, e recomendou algumas das empresas “internacionais e de alta qualidade” que detém no Thornburg Investment Income Builder Fund.

Uma das melhores escolhas de Kirby é a Visa (V), que ele descreve como “beneficiária da inflação,” pois preços mais altos para bens e serviços forçam consumidores a utilizarem seus cartões de crédito.

Espera-se também que a empresa se beneficie de uma recuperação nas viagens, uma vez que as restrições da pandemia foram levantadas.

Kirby também vê a empresa francesa de telecomunicação Orange S.A. (ORA) como uma aposta defensiva “atrativamente valorizada.” A Orange possui rendimento de dividendos e perspectivas de crescimento “realmente atraentes,” acrescentou Kirby, com um rendimento médio de dividendos de 5,3% em 5 anos.

As ações da empresa biofarmacêutica AstraZeneca (AZN) também são favoritas de Kirby, com um aumento de vendas de dois dígitos e melhoria da geração de caixa com uma valorização relativamente atraente, com potencial de impulsionamento do crescimento nos próximos anos com base na oncologia.

O gigante bancário Citigroup (C) é outra ação na carteira de Kirby, que acredita que as ações são baratas e têm “ampla oportunidade” de aumento de dividendos a curto prazo, já que o banco procura aumentar sua taxa de pagamento sobre os ganhos normalizados.

A empresa também está bem posicionada para buscar um crescimento “atrativo e diferenciado” em função do aumento das receitas provenientes do aumento das taxas de juros e do uso de cartões de crédito nos Estados Unidos, acrescentou ele.

Outras das principais participações do fundo também incluem as gigantes de semicondutores Broadcom (AVGO) e Taiwan Semiconductor Manufacturing Company (TSM), bem como a empresa britânica de telecomunicações Vodafone (VOD).

A alta dos preços da energia e dos alimentos dificultou a possibilidade de prever quando a pressão inflacionária diminuirá, mas Kirby acredita que a inflação poderá desacelerar até o final do ano.

Para investir em ações listadas na Bolsa de Valores de NY crie sua conta na corretora Passfolio, parceira oficial do Stocktimes.

Leia também:

Passfolio