Ontem nas bolsas americanas a onça de ouro superou os US$2.000,00 e os analistas acreditam que a alta recorde do metal precioso não acabou, veja os motivos.

O ouro já conseguiu valorizar mais de 30% desde o começo do ano, só perdendo para o Bitcoin que subiu 57% apesar da crise. Tanto para o ouro digital, quanto para o real os analistas acreditam que a alta não vai parar por aqui.

Segundo o Goldman Sach, até o final do ano é projetado que o ouro atinja US$2.300,00. Como principais razões para essa alta sem precedentes as principais são:

  • Taxa de juros baixa, o que torna títulos governamentais menos atrativos;
  • Instabilidade política nos EUA e na “nova guerra” fria com a China;
  • Possível desvalorização do dólar e alta inflação após a crise.

“Vemos um aumento nos gastos fiscais à frente, política monetária extremamente acomodatícia por anos e uma recuperação econômica desafiadora”, afirmou Paul Wong, estrategista na Sprott Inc.

Leia também: Goldman acredita que dólar pode perder status de reserva mundial

Coinext 760x150

 

Apesar da alta, muitos indicadores técnicos mostram que o ouro está sobrecomprado. O que esperar do ouro? E do ouro digital?

Para saber mais sobre o Bitcoin leia:  5 razões para o Bitcoin continuar subindo


Invista em criptomoedas com segurança, alta liquidez e as menores taxas do mercado.

NovaDAX: a exchange mais completa do Brasil com mais de 25 criptomoedas listadas e a melhor nota de atendimento ao cliente.

Conheça novadax.com.br