Em uma série de tweets recentes, Peter Schiff faz vários comentários se posicionando contra Trump e o FED, expondo suas “péssimas decisões” para parar a progressiva crise dos EUA.

As dívidas nacionais acabam de passar dos US$24 trilhões, subiram US$4 trilhões desde que Trump tomou posse. Ele irá adicionar mais dívidas em 4 anos que Bush em 8. Se reeleito, ele irá causar mais dívidas em 8 anos que Bush e Obama em 16. Ao invés de drenar o pântano, ele está drenando o país.

Caso você não tenha acompanhado a história, o Federal Reserve (FED) também acredita que “tem dinheiro infinito“, fazendo impressões de trilhões em notas e injetando freneticamente na economia americana.

gráfico com total de desempregos nos EUA

Como consequência, o país atinge novos ápices de quase 17 milhões de reivindicações iniciais de desemprego. “Isso é 45.21% do período de 18 meses da Grande Recessão, com 37 milhões”, afirma Spencer Schiff.

Futuro do mercado e hiperinflação

Peter Schiff prossegue avisando que “apesar do salto de 2% da bolsa, graças à impressão de US$2.3 trilhões pelo FED, o ouro chegou a subir duas vezes mais que o Dow Jones desde o início da presidência de Trump.”

Além disso, citou a CNBC que “reporta o óbvio” quando dizem que o “Fed está fazendo coisas nunca antes imaginadas”, também se questionou: “Imagino quando o FED começará a fazer empréstimos para crianças, securitizados por títulos lastreados em provisões.”

Por fim, teria realizado duas postagens em seu site SchiffGold.com: “Dívidas nacionais ultrapassam US$24 Trilhões” e “O dinheiro é lixo“, mostrando sua incontestável insatisfação com as ações do atual governo e do FED.

EUA irá se recuperar?

Um tweet do Mercado em Pauta explica que o banco Goldman Sachs não está tão otimista quanto à reestruturação econômica do país pós-crise, estipulando uma recuperação a acontecer, pelo menos, em 2023.

Veja também: HSBC acredita que bilionários chineses vão crescer após coronavírus


Compre Bitcoin na Coinext
Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br