Coingoback

A plataforma de pagamentos instantâneos PicPay está sofrendo diversas críticas no Twitter e a hashtag #PicPayDevolveMeuDinheiro se tornou a mais comentada na tarde desta terça-feira (07/06). O que está acontecendo com o PicPay?

O aplicativo de pagamentos anunciou que facilitaria o recebimento do coronavoucher, para que o beneficiário pudesse usar o dinheiro o mais rápido possível, estando logo disponível para pagar boletos ou fazer compras direto do app.

Porém, uma onda de relatos surgiram no Twitter reclamando do “sumiço do saldo”, mesmo tendo a transação confirmada. Uma possível instabilidade pode estar afetando uma parte dos usuários, já que alguns comentaram que receberam normalmente os valores do auxílio.

Enquanto isso, porém, outros usuários afirmam que estão recebendo de forma adequada e usando o aplicativo normalmente. Em uma resposta para o tweet acima, a usuária @STeFi_ik explica que transferiu na sexta-feira e recebeu hoje (terça-feira), já que o tempo de espera é de até dois dias úteis.

meme nosso dinheiro collor
Um usuário chegou a comparar o problema no aplicativo com a medida polêmica de Fernando Collor de confiscar a poupança dos cidadãos.

Em um longo fio na rede social, Luciana, uma das responsáveis pela hashtag, explicou que o suporte informou que ela, e outros, deveriam esperar de 5 até 10 dias úteis para receber o valor.

Segundo denúncias, outros pagamentos como transferências e recargas de celular também estavam apresentando problemas.

Enquanto isso, o PicPay ocupa o primeiro lugar de mais reclamadas do dia no Reclame Aqui. A Caixa Econômica Federal, a estatal responsável pela distribuição do auxílio emergencial, ocupa a sétima posição.

reclame aqui mais reclamadas do dia

[Atualização] Picpay culpa Caixa Tem

Entramos em contato com a assessoria de imprensa do PicPay e eles colocaram a culpa no sistema da Caixa Econômica Federal, o Caixa Tem.

Segundo o PicPay, há um pequeno percentual de transações que não são feitas pelo aplicativo da Caixa e isso acaba gerando problemas para os usuários.

Desde o início da distribuição do auxílio emergencial, mais de 2,9 milhões de usuários concluíram a transferência do benefício para o PicPay com sucesso.

Por instabilidade do sistema do Caixa TEM, um pequeno percentual das transações entre o aplicativos e o PicPay não é concluído. Nesses casos, o usuário deve fazer nova tentativa. Se a Caixa tiver debitado o valor utilizado para a transferência, o estorno deverá ser realizado pelo próprio banco.

afirmou o PicPay

Você também está enfrentando problemas com o aplicativo de pagamentos PicPay? Deixe seu comentário abaixo.

Leia também: Conheça o único bem não confiscável do mundo

Compre e venda Bitcoin e outras criptomoedas na Coinext
A corretora completa para investir com segurança e praticidade nas criptomoedas mais negociadas do mundo.
Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br