Após superar os US$50 mil o preço do bitcoin voltou a cair e, nas últimas 24 horas, diminuiu quase 10%, uma perda de quase R$55 mil. O que aconteceu para o BTC ter a maior queda desde maio?

Preço do Bitcoin no Brasil
Preço do Bitcoin no Brasil

Para entendermos o movimento precisamos ver o que aconteceu no bitcoin nas últimas 24:

As comemorações pelo 07/09 histórico, no qual o bitcoin virou moeda legal em El Salvador duraram pouco. Muitos traders aproveitaram o momento para realizar lucros e confirmar mais uma vez o velho ditado dos mercados: “compre no rumor e venda na notícia.”

Houve manipulação?

Quando há um grande evento ou atualização no mercado de criptomoedas muitos investidores aproveitam para liquidar suas posições e garantir algum lucro. 

Além da notícia sobre El Salvador, um movimento criado no Reddit incentivava a compra de US$30 em bitcoins por pequenos investidores. Não sabemos se havia algum interesse de baleias por trás querendo liquidar os bitcoins ou se foi um movimento realmente espontâneo:

De qualquer forma, a análise de sentimentos do mercado da Santiment mostrava alguns indicadores de risco a curto prazo.

Conforme explicamos no podcast “Entenda a manada com um novo modelo de compreensão do mercado” e no texto “Redes sociais revelam possível direção para o preço do Bitcoin e altcoins, veja análise”, o indicador MVRV mostrava uma possível queda no curto prazo, o que acabou se consolidando nesta terça-feira sangrenta.

O flash crash foi potencializado pelas posições altamente alavancadas de alguns investidores, aumentando a pressão de venda conforme as liquidações aconteciam.

As flash crashs do BTC são causadas pela desalavancagem, a queda do COVID foi semelhante também na qual os derivativos reagiram fortemente”, afirmou o analista Willy Woo.

Queda é uma oportunidade?

Entretanto, quando vemos quedas fortes pressionadas principalmente por investidores sobre-alavancados no mercado de criptomoedas, também podemos esperar algumas oportunidades.

Como foi o caso da queda de março/abril de 2020, quando o preço do BTC despencou para US$3 mil em algumas corretoras, abrindo a oportunidade de compra que permitiu uma valorização de 1100% em menos de um ano e meio. 

queda devido ao covid
Queda do bitcoin devido ao Covid

Claro, histórico passado não é garantia futura, mas os erros e problemas históricos podem nos ensinar algumas lições importantes quando investimos.

Compre Bitcoin na Coinext
Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br