Mais bitcoins estão se movendo para a rede Ethereum em uma velocidade acelerada, com cerca de R$ 2,83 bilhões em 44.000 BTC rodando na plataforma de contratos inteligentes.

Isso é um aumento de cerca de dez vezes desde junho em quantias de bitcoin com cerca de 5.000 BTC em execução no Ethereum no dia 17 de junho de 2020, enquanto agora está se aproximando dos 50 mil.

Número total de BTC no Ethereum ao longo do tempo.
Número total de BTC no Ethereum ao longo do tempo. Fonte: Trust Nodes.

A enorme aceleração na tokenização de bitcoin é em grande parte devido a febre da DeFi, que detém cerca de R$ 34,47 bilhões em criptoativos em aplicações descentralizadas (dapps).

Maker, Aave e Curve ultrapassaram R$ 5,51 bilhões em ativos bloqueados para cada um, com Synthetix, Compound e Yearn não muito longe dessa linha de R$ 5 bilhões.

Cointimes Awards
10 maiores projetos DeFi em 19 de agosto.
10 maiores projetos DeFi em 19 de agosto. Fonte: DeFi Pulse.

A atração das muitas ofertas que agora são fornecidas em DeFi inclui taxas de juros significativas que vêm tanto de novos tokens especulativos que são dados como algum tipo de bônus, mas também por facilitar a atividade do mercado.

O Curve, por exemplo, estabiliza o sUSD, um token indexado ao dólar do synthetix que é a base de todo o projeto.

Então você tem arbitragem, tanto em relação a corretoras como Uniswap quanto em relação a bolsas mais tradicionais como iDEX.

Essa e outras atividades de criação de mercado fornecem a base da demanda para os ativos que estão bloqueados nesses dapps.

Cointimes Awards

Assim, dando algum fundamento a essas taxas de juros que são, obviamente, muito mais altas do que as simples contas poupança de contas bancárias tradicionais.

Mas como isso pode afetar o preço do Bitcoin?

Assim, aqueles que querem manter posições em Bitcoin, mas também querem permitir empréstimos para obter juros, estão tokenizando suas moedas aqui com riscos, obviamente, em relação a qualquer hack ou bug em potencial.

Isso poderia afetar o preço se, de outra forma, esses usuários ficassem tentados a vender bitcoin, e isso poderia prejudicar o oferta de várias maneiras.

A própria preguiça sendo uma delas. Se alguém vai passar por todo esse processo de trancar suas moedas no Ethereum, você assumiria que não seria por pouca coisa que os usuários se dariam o trabalho de voltar as moedas ao blockchain do bitcoin.

Cointimes Awards

Em uma outra opção, em vez de vender, eles poderiam dolarizar os tokens no Maker transformando de 30% a 40% do wBTC em DAI (stablecoin em dólar) enquanto ainda mantinham a posição em bitcoin.

Isso teria o risco do mercado se mover no sentido contrário, mas o usuário ainda teria o DAI e o preço atual do bitcoin integralmente.

Esse DAI tem que ser pago de volta eventualmente ou eles vendem a quantidade equivalente de moedas se a taxa de garantia cair abaixo de 150%, tornando isso basicamente uma forma de “sacar” os bitcoins para stablecoin.

Hoje em dia, em vez de comprar um carro que desvaloriza com o tempo com esse DAI, você pode enviá-lo para outros dapps DeFi para ganhar juros ou pode transformá-lo em alguma outra criptomoeda com projetos potenciais que podem colocar seus ativos em uso.

Cointimes Awards

Isso por si só, você pensaria que logicamente deveria afetar o preço positivamente, mas, além disso, dinheiro novo pode ser atraído porque não há muitas classes de ativos e os retornos aqui podem ser decentes.

Esse dinheiro novo naturalmente tem suas próprias preferências, com o bitcoin sendo a moeda dominante porque é o mais descentralizado e, portanto, pode muito bem ser o caso de que algum dinheiro novo esteja comprando bitcoin para tokenizá-lo em DeFi.

Como um token nativo, o ETH poderia ser o preferido, pois não teria os riscos adicionais de tokenização, mas o ETH não tem o dapp de estabilização do Ren Curve Pool.

Portanto, essa conexão se beneficia tanto à medida que a rede Ethereum ganha mais utilidade por ter a possibilidade de usar bitcoins, quanto os bitcoiners agora podem usar DeFi dentro do Ethereum.

Cointimes Awards

Invista em criptomoedas com segurança, alta liquidez e as menores taxas do mercado.

NovaDAX: a exchange mais completa do Brasil com mais de 25 criptomoedas listadas e a melhor nota de atendimento ao cliente.

Conheça novadax.com.br