Um velho fantasma volta a assombrar a rede do Bitcoin: o número de transações pendentes aguardando confirmações na rede. O número disparou a partir do dia 1/04/2019.

As consequências disso já são conhecidas pelo mercado: taxas mais altas e transações mais demoradas. Há relatos de usuários esperando pelo menos 12 horas para uma única confirmação da transação.

rede do bitcoin

O site Bitcoinfees, que calcula a taxa média paga pela rede, estima que a transação mais barata e rápida esteja custando 0.0002385 BTC. Seguindo a cotação de R$20.000, a transação está dando algo em torno de R$4,77, o que ainda é barato quando comparado aos níveis de Dezembro de 2017, onde uma transação chegou a custar em média US$ 54.

rede do bitcoin

O que dizem os especialistas?

Consultamos o Narcélio Filho, um dos moderadores do grupo Bitcoin Brasil. Ele recomendou o que deve ser feito nessas situações:

“É muito simples! Basta usar uma carteira boa, que permita aumentar a taxa depois, caso necessário”.

https://cointimes.com.br/as-melhores-carteiras-de-bitcoin/

Ele também disse que uma das causas dessa fila de transações é que:

“A maioria das corretoras e serviços com carteiras próprias não implementa o saque corretamente e ainda usam endereços legacy (endereços antigos que começam com 1), que custam mais que endereços com SegWit (endereços novos que começam com bc1).”

Por outro lado, Bruno Ely Garcia, Community Manager da Nano, afirma que a causa das filas de transações é:

“Causa desse alto numero não sei dizer, gostaria de saber. Mas aponto com certeza a falta de boas soluções na segunda camada, a LN (Lightning Network) ainda é “promessa” e muito pouco utilizada, nessas horas faz falta. A falta de entendimento da massa também faz que a SegWit nao seja muito utilizado, nessas horas, iria bem.”

O Segwit foi uma melhoria no Bitcoin que diminui as taxas ao diminuir o tamanho de uma transação, fazendo com que mais transações caibam em um único bloco da Blockchain do Bitcoin. Mas desde então, sua adoção vem crescendo lentamente.