Alguém ganhou muito dinheiro espalhando a notícia falsa de uma parceria entre a Litecoin e o Walmart, com certeza. A notícia falsa no início desta semana que levou a Litecoin às estrelas e de volta ao solo em questão de horas pode ser mais séria do que parece, porque – ao contrário do que acontece no cripto-verso – o mercado de ações é regulado ao milímetro.

De acordo com informações da Reuters, o Walmart Inc lançou uma investigação a respeito de uma notícia falsa que foi publicada no site Globe Newswire, alegando que a empresa havia firmado uma parceria com a Fundação Litecoin para aceitar a criptomoeda.

“Trabalharemos com as autoridades competentes para solicitar – e facilitar – uma investigação completa, incluindo qualquer atividade criminosa associada a este assunto”, disse a GLobe Newswire em e-mail para o Walmart. 

Polícia para quem precisa de polícia

É muito comum no mercado cripto os preços moverem-se ao ritmo dos boatos, sem investigações adicionais. Essa é a natureza dos mercados, e os comerciantes tiram proveito dessa falta de regulamentação para orquestrar esquemas de manipulação que vão de anúncios falsos a operações coordenadas de Pump and Dump.

Porém, quando alguém faz uma manobra como essa para potencialmente impactar o mercado de ações, as coisas mudam dramaticamente.  E isso é importante porque o Walmart Inc é uma empresa de capital aberto e uma possível parceria pode influenciar os fundamentos ou o risco da empresa.

Superficialmente, a fake news visava aumentar o preço do LTC, mas é possível provar que, por extensão, elas também podem ter afetado os preços das ações do Walmart.

Então, de acordo com o Securities Act de 1933 e o Securities Exchange Act de 1934, uma pessoa está envolvida em fraude de valores mobiliários se intencionalmente se envolver em práticas enganosas destinadas a manipular os mercados financeiros ou induzir os investidores a tomar decisões de investimento financeiro com base em informações enganosas ou falsas. 

A deturpação de terceiros é um tipo de fraude no mercado financeiro e ocorre quando um terceiro fornece informações falsas sobre o mercado de ações ou uma determinada empresa ou setor. As condenações por crimes de fraude com títulos federais dos EUA  podem resultar em uma pena de prisão federal de 5 anos por crime e multas de até US$ 5 milhões.

Litecoin subiu e caiu rapidamente 

De acordo com as versões oficiais, uma pessoa se passou por um membro da equipe do Walmart e passou a nota para a Globe Newswire reproduzir no site. Depois que a notícia se espalhou, a Globe Newswire publicou rapidamente um comunicado para desconsiderar o comunicado à imprensa.

A notícia teve pouco efeito sobre as ações do Walmart. No entanto, a Litecoin (LTC) disparou abruptamente, apenas para voltar ao sul com a mesma intensidade. Alguém ganhou muito dinheiro com essa mudança, causando danos significativos aos investidores. As ações do Walmart também caíram um pouco. 

Alguém ganhou muito dinheiro espalhando a notícia falsa de uma parceria entre a Litecoin e o Walmart, com certeza.
Gráfico do par Litecoin/Dólar EUA, 1D, Bitstamp – Fonte: Tradingview.com

Até agora, nem o Walmart nem a Global Newswire revelaram quais ações eles tomariam; no entanto, o golpe de mestre pode custar caro para quem o executou – se for pego. 

Leia Mais:

Compre Bitcoin na Coinext
Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br