De acordo com Ministro, em entrevista à Veja, se a houverem mudanças radicais na Reforma da Previdência, ele renunciará ao cargo. Ainda assim, Guedes tem convicção de que uma reforma eficaz será aprovada.

“Eu não sou irresponsável. Eu não sou inconsequente. Ah, não aprovou a reforma, vou embora no dia seguinte. Agora, posso perfeitamente dizer assim: ‘Olha, já fiz o que tinha de ser feito. Não estou com vontade de ficar, vou dar uns meses, justamente para não criar problemas, mas não dá para permanecer no cargo’. Se só eu quero a reforma, vou embora para casa. Se eu sentir que o presidente não quer a reforma, a mídia está a fim só de bagunçar, a oposição quer tumultuar, explodir e correr o risco de ter um confronto sério… pego o avião e vou morar lá fora.”

Guedes disse que a proposta precisa gerar uma economia de R$ 1 trilhão em 10 anos. Mas afirmou que tem margem de negociação para quem a Reforma economize até R$ 800 bilhões, diante das dificuldades de negociação no Congresso Nacional.

Ele disse ainda afirmou que:

“Se os políticos quiserem uma economia menor que a de R$ 800 bilhões, é melhor nem lançar a Reforma. Porque qualquer quantia menor que esse valor seria remendar a velha previdência”.


O Ministro ainda teve a oportunidade de avaliar o governo Bolsonaro. Ele afirmou que o início poderia ter sido melhor, mas destacou que a maioria das promessas de campanha foi cumprida. Ele deu uma nota 7,5 para o início de governo do seu presidente.

relatório de bitcoin

Compre Bitcoin na Coinext
Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br