Coingoback

Na quarta-feira (16/12), Scott Minerd, Diretor de Investimento Global da Guggenheim Partners, uma empresa global de investimento e consultoria com mais de US$ 295 bilhões em ativos sob gestão, deu sua meta de preço de longo prazo para o Bitcoin.

Minerd é sócio-gerente fundador da Guggenheim, onde trabalhou nos últimos 22 anos. Antes de Guggenheim, ele foi “Diretor Administrativo do Credit Suisse First Boston, encarregado de negociação e gestão de risco para o Fixed Income Credit Trading Group”.

Guggenheim Investments é “a divisão global de gestão de ativos e consultoria de investimentos da Guggenheim Partners e tem mais de US$ 233 bilhões em ativos totais em renda fixa, ações e estratégias alternativas”. Ele se concentra em “retorno e as necessidades de risco das seguradoras, fundos de pensão públicos e corporativos, fundos soberanos, doações e fundações, gestores de patrimônio e investidores de alto patrimônio”.

Em 27 de novembro, por conta de um documento da CVM dos Estados Unidos (SEC), tornou-se público que um dos fundos mútuos de renda fixa da Guggenheim Investments (“Macro Opportunities”) estava considerando investir em Bitcoin.


Quer ganhar Bitcoins?
A gente te ajuda nisso.
Abra uma conta grátis!


 

De acordo com uma visão geral do Guggenheim Macro Opportunities Fund (ticker: GIOIX), ele busca “fornecer retorno total, composto pela renda corrente e pela valorização do capital”. O fundo “tem flexibilidade para investir em uma ampla gama de títulos de renda fixa”, e sua estratégia de investimento “pode oportunamente alocar a outras classes de ativos para aumentar potencialmente o retorno e/ou mitigar o risco”.

De acordo com dados do Financial Times, este fundo foi lançado em 30 de novembro de 2011, e seu total de ativos líquidos era de US$ 4,97 bilhões (em 31 de outubro de 2020).

O documento da SEC declarou que o fundo está considerando obter alguma exposição à criptomoeda:

Criptomoedas (também chamadas de ‘moedas virtuais’ e ‘moedas digitais’) são ativos digitais projetados para atuar como um meio de troca. O Guggenheim Macro Opportunities Fund pode buscar exposição de investimento em bitcoin indiretamente, investindo até 10% de seu valor líquido de ativos em Grayscale Bitcoin Trust (“GBTC”), um veículo de investimento oferecido de forma privada que investe em bitcoin.

Ontem (16/12), depois que o preço do Bitcoin finalmente ultrapassou o nível de US$ 20.000 em todas as exchanges de criptomoedas para estabelecer um novo recorde histórico, o Guggenheim falou sobre o Bitcoin durante uma entrevista na Bloomberg TV.

A entrevista começou com o CIO do Guggenheim sendo questionado por Scarlet Fu, editora sênior do Markets Desk da Bloomberg TV, sobre o Guggenheim Macro Opportunities Fund e a decisão de seus gerentes de investir “até 10% de seu valor líquido de ativos em Grayscale Bitcoin Trust.” Em particular, ele foi questionado se Guggenheim já havia começado a comprar Bitcoin e o quanto essa decisão estava “ligada à política extraordinária do Fed” (o banco central dos EUA).

Minerd respondeu:

Para responder à segunda pergunta, Scarlett, claramente o Bitcoin e nosso interesse no Bitcoin estão ligados à política do Fed e à impressão desenfreada de dinheiro que está acontecendo. Em termos de nosso fundo mútuo, você sabe, ainda não somos efetivos com a SEC. Então, você sabe, ainda estamos esperando.

Claro, tomamos a decisão de começar a alocar no Bitcoin quando Bitcoin estava em US$ 10.000. É um pouco mais desafiador com o preço atual próximo a US$ 20.000. Incrível, você sabe, em um período muito curto de tempo, o grande aumento que tivemos, mas, tendo dito isso, nosso trabalho fundamental mostra que o Bitcoin deve valer cerca de US$ 400.000. Portanto, mesmo se tivéssemos a capacidade de fazer isso hoje, vamos monitorar o mercado e ver como vão as negociações, que avaliação temos para comprá-las”.

Minerd foi então questionado sobre por que ele acredita que o preço do Bitcoin pode chegar a US$ 400.000.

Ele respondeu:

Certo, Tom, é baseado na escassez e avaliações relativas, como ouro, como porcentagem do PIB. Então, você sabe, o Bitcoin tem na verdade muitos dos atributos do ouro e, ao mesmo tempo, um valor incomum em termos de transação, finalizou ele.

Leia mais: CEO da Foxbit aposta contra Tiago Reis sobre preço do Bitcoin


BitPreço, o maior marketplace da América Latina. Compare os preços das principais exchanges do Brasil e mundo, e compre Bitcoin, Ethereum e USDT pelo melhor preço sempre.

Crie sua conta grátis agora!