Passfolio

A empresa de mídia social viu suas ações despencarem após divulgar resultados trimestrais, que decepcionaram os analistas.

A empresa reportou dificuldades maiores do que o esperado para o segundo trimestre, juntamente com uma receita ligeiramente abaixo das expectativas dos analistas. Além disso, a Snap (SNAP) não deu previsões sobre os lucros para o terceiro trimestre.

Por conta desses resultados, as ações, que já haviam caído 65% neste ano, mergulharam mais quase 30% nas negociações pré-comercialização de quinta-feira.

Fonte: Yahoo Finance

O que analistas têm a dizer sobre a Snap:

  • Mark Mahaney, do Evercore ISI, está entre os analistas que desvalorizaram as ações, dizendo que há catalisadores limitados para a Snap no curto prazo. Por isso, Mahaney cortou a meta de preço para US $14 por ação, embora as ações tenham sido negociadas abaixo de US $12 no pré-mercado.
  • Jason Helfstein, do Oppenheimer, retirou US $22 da meta de preço por acreditar que a Snap “agora enfrenta demasiados desafios,” citando o TikTok, o que não reverteria em bons rendimentos para investidores das ações a médio prazo.
  • James Cordwell, da Atlantic Equities, baixou a meta de preço das ações de US $18 para US $13 dizendo que “o crescimento trimestral foi ainda mais fraco do que o previsto. Além disso, o comentário da administração sugere que a concorrência pode ser um fator maior do que antecipado.” 
  • Eric Sheridan, do Goldman Sachs, cortou a meta de preço de US $25 para US $12. Segundo o analista, as novas estimativas do banco sugerem receita de 20-30% menor em 2023/2024.
  • Mark Kelley, do Stifel, reduziu o preço alvo de US $20 para US $14 por conta de uma “trajetória de curto prazo incerta.” No entanto, o analista alegou estar otimista “quanto ao potencial a longo prazo das ações, dadas as tendências saudáveis dos usuários da plataforma.”
  • Benjamin Black, do Deutsche Bank, cortou a meta de preços de US $25 para $14, citando a diminuição da demanda em comparação ao TikTok, diminuindo a renda da empresa com publicidade.
  •  Doug Anmuth, do JPMorgan, reduziu o preço alvo para US $9, pois “apesar do aviso em maio de que seus resultados do segundo trimestres provavelmente cairiam,” o crescimento relatado pela Snap mostrou maior deterioração do que o esperado. Além disso, por não fornecer previsões para o terceiro trimestre, “a empresa sugeriu que a visibilidade futura continua sendo muito desafiadora.”

Snap também gerou desconforto ao declarar que planeja desacelerar as contratações em meio a um fraco crescimento da receita. Outras empresas de mídia social devem divulgar seus relatórios de ganhos nos próximos dias. 

Passfolio

Leia também:

Passfolio