Passfolio

O CryptoSamba, uma DAO em prol do samba, criou uma maneira criativa e tecnológica de manter o legado dessa cultura popular e manter viva na memória das futuras gerações. Por meio de uma coleção de 9.499 NFTs que reúnem as matriarcas, os bambas, os pavilhões, entre outros símbolos marcantes da história do samba brasileiro.

Até o momento, o CryptoSamba vendeu 22 NFTs e recebeu 0.12 ETH. Mas não pretende ficar nisso, entre uma de suas novidades estão a parceria com Fabio Ema para entrada no Metaverso e a negociação para a criação de coleções complementares em outras blockchains. Além do desenvolvimento de portal com detalhes da coleção e funcionalidades para holders autenticados.

CrytpoSamba mulher pixelada
Cred/CrytpoSamba

A DAO do samba

O CryptoSamba é uma DAO que tem como finalidade democratizar e tornar mais acessível o conhecimento da história do samba. Não apenas isso, mas também dar a possibilidade da sociedade conhecer essa narrativa e proporcionar à comunidade oportunidades de trabalho.

Rodrigo Cunha, que tem experiência internacional na transformação digital em empresas por meio de projetos de e-commerce e omnichannel, já participou da expansão de unicórnio brasileiro na América Latina em projetos como Whirlpool, Sony, Cencosud, Pizza Hut, Elektra, Fravega, Calvin Klein, ZeeDog, atualmente investe em projetos para a democratização do acesso e pesquisa na área de saúde e Web3 conta, que o grupo iniciou as pesquisas em 2021 e realizaram o primeiro mint no dia 12 de abril deste ano. “A coleção do CryptoSamba segue em desenvolvimento e estimamos o mint final para 2023”, relata.

Cred/CrytoSamba mulher negra
Cred/CrytoSamba

No início o CryptoSamba teve muitos desafios, entre a pesquisa de mercado e uma análise sobre qual tecnologia será empregada. Em seguida foram selecionadas teses e acervos históricos sobre a história das personalidades do samba.

“Mapeamos os homenageados através da representatividade no Samba. Coletamos os dados e imagens para serem utilizados como base para a criação do conteúdo dos NFTs. Em paralelo ao processo de ilustração, iniciamos os testes de tecnologia”, conta Rodrigo do CryptoSamba.

Com tudo pronto, o grupo optou em realizar o mint utilizando o contrato OpenSea.

“Mas após alguns testes concluímos que a descentralização real estava no desenvolvimento de um smart contract próprio. Optamos pela blockchain Polygon devido ao baixo custo de gas fee e pegada de carbono. As vendas em sua maioria são realizadas através de marketplaces como OpenSea e Rarible, mas também é possível através da P2P e por nossa loja virtual. Outras fontes de faturamento serão geradas a partir da temática da coleção, como Festivais de Música, Shows no Metaverso e produtos IRL”, conta Cunha do CryptoSamba.

Criptosamba escola de samba Padre Miguel
Cred/CrytpoSamba

Matriarcas, bambas e os pavilhões

A coleção do CryptoSamba possui 9.499 imagens e é organizada com: 99 imagens das Matriarcas do samba, 12 imagens dos pavilhões/bandeiras das Escolas de Samba do Rio de Janeiro, 14 Collection Carnaval São Homenageia através do pavilhão/bandeira as Escolas de Samba do Rio de Janeiro, 176 Collection Icones Carnaval Ilustra os principais ícones carnavalescos como as passarelas, os estandartes, instrumentos, adereços, 200 Collection “Bambas do Samba”  Homenageia os Homens representativos na história do Samba.

Quem comprar o NFT terá acesso aos eventos CryptoSamba no Metaverso e In Real Life; a whitelists para pré mint e giveaway; menções de agradecimento nos créditos de todo o conteúdo gerado a partir do fundo de financiamento de novos artistas.  

Criptosamaba Unidos da Tijuca
Cred/CrytpoSamba

Cada NFT com a sua história

As ilustrações do CryptoSamba foram feitas em pixelart, e em seguida incluídas as novas mídias e aplicações em blockchain.

“Todo o lucro gerado nas vendas das NFTs do CryptoSamba serão compartilhados com a artista homenageada, a artista ilustradora e o Fundo de Financiamento de Novos Artistas. As NFTs possuem atributos que classificam o grau de raridade, complementando o valor da arte utilizando a própria história do homenageado”, exemplifica Cunha. Atualmente foram feitas apenas 108 imagens, até 2023 serão todas as 9.499.

A ideia é contar as histórias de cada uma das personalidades e para isso, Rodrigo conta que estão desenvolvendo páginas próprias no portal do CryptoSamba.

“Cada NFT terá uma página para explicar a história do homenageado e exibir o timeline com todas as transações relacionadas a ele, detalhando os ganhos e seus beneficiados. A coleção utiliza um smart contract próprio no padrão erc-721 na blockchain Polygon com todos os assets publicados na principal IPFS do mercado. Com a evolução do projeto reforçamos a transparência contratando auditorias terceirizadas”, explica Cunha.

Criptosamba mulher
CryptoSamba

Espaço para quem tem direito

Cunha conta que a ideia de criar o CryptoSamba surgiu do cansaço de esperar as oportunidades que nunca chegavam e da centralização dos lucros longe dos lugares em que deveriam estar.

“O Samba é um dos gêneros musicais que mais sofreram com o preconceito e com a exploração dos meios tradicionais de comunicação. Hoje os principais responsáveis por desenvolver o Samba como cultura nacional passam por diversas dificuldades financeiras, sem oportunidade de trabalhar, se veem obrigados a se submeterem aos subempregos, desperdiçando todo o seu potencial artístico. O mesmo desafio enfrentam os novos artistas, que não possuem oportunidade de apresentar o trabalho ou desenvolverem as habilidades artísticas”, conta Rodrigo. 

CrytpoSamba mulher negra
Cred:CryptoSamba

As imagens da coleção do CryptoSamba:

São imagens ilustradas em pixel art

Lista de imagens atuais:

  • #1 Tia Ciata
  • #2 Chiquinha Gonzaga
  • #3 Clementina de Jesus
  • #4 Aracy Cortes
  • #5 Carmen Miranda
  • #6 Dona Ivone Lara
  • #7 Mãe Hilda Jitolu
  • #8 Carmen Costa
  • #9 Mercedes Baptista
  • #10 Aracy de Almeida
  • #11 Badia
  • #12 Mãe Orminda
  • #13 Alaíde Costa
  • #14 Elza Soares
  • #15 Gisa Nogueira
  • #16 Tia Surica
  • #17 Clara Nunes
  • #18 Tia Maria do Jongo
  • #19 Leny Andrade
  • #20 Jovelina Pérola Negra
  • #21 Leci Brandão
  • #22 Beth Carvalho
  • #23 Alcione
  • #24 Dona Zica
  • #25 Dona Guga
  • #26 Madrinha Eunice
  • #27 Dona Olímpia vai vai
  • #28 Dodô da Portela
  • #29 Neide da Mangueira
  • #30 Mocinha da Mangueira
  • #31 Pinah
  • #32 Rosa Magalhães
  • #33 Maria Augusta
  • #34 Tia Cida dos Terreiros
  • #35 Dona Nenem
  • #36 Aurea Maria
  • #37 Tia Eunice
  • #38 Jane Carla
  • #39 Neide Santana
  • #40 Tia Doca
  • #41 Vilma Nascimento
  • #42 Nilce Fran
  • #43 Lucinha Nobre
  • #44 Selminha Sorriso
  • #45 Babi Cruz
  • #46 Maria Romana
  • #47 Ana Bororó
  • #48 Isabel Valença
  • #49 Neide Tamborim
  • #50 Dagmar
  • #51 Helen Maria Silva Simão
  • #52 Tia Glorinha Salgueiro
  • #53 Paula da Silva Campos
  • #54 Aldione Senna
  • #55 Sonia Capeta
  • #56 Maria Helena Rodrigues
  • #57 Maria Gilsa
  • #58 Bernadete
  • #59 Eliana Lima
  • #60 Grazzi Brazil
  • #61 Wic Tavares
  • #62 Jessica Martin
  • #63 Dona Zezé
  • #64 Manu da Cuíca
  • #65 Sandra de Sá
  • #66 Daúde
  • #67 Margareth Menezes
  • #68 Daniela Mercury
  • #69 Mart’nália
  • #70 Teresa Cristina 
  • #71 Sarajane
  • #72 Nilze Carvalho
  • #73 Ivete Sangalo
  • #74 Adryana Ribeiro
  • #75 Preta Gil
  • #76 Gilmelândia
  • #77 Ludmilla
  • #78 Carla Cristina
  • #79 Maria Rita
  • #80 Gabby Moura
  • #81 Mariene de Castro
  • #82 Claudia Leitte
  • #83 Marvvila
  • #84 Aila Menezes
  • #85 Allana Sarah
  • #86 Marisa monte
  • #87 Baby Brasil
  • #88 Simone
  • #89 Maria Bethânia
  • #90 Elis Regina
  • #91 Gal Costa
  • #92 Lia de Itamaracá
  • #93 Sonia Santos
  • #94 Dolores Duran
  • #95 Elizeth Cardoso
  • #96 Dona Edith do Prato
  • #97 Maria Helena Montier
  • #98 Dona Nicinha
  • #101 Beija-Flor de Nilópolis
  • #102 Acadêmicos do Salgueiro
  • #103 Portela
  • #104 Unidos de Vila Isabel
  • #105 São Clemente
  • #106 Imperatriz Leopoldinense
  • #107 Unidos do Viradouro
  • #108 Acadêmicos do Grande Rio
  • #109 Mocidade Independente de Padre Miguel
  • #110 Estação Primeira de Mangueira 
  • #111 Unidos da Tijuca
  • #112 Paraíso do Tuiuti
  • #201 Dragões da Real
  • #202 Acadêmicos do Tatuapé
  • #203 Unidos de Vila Maria
  • #204 Tom Maior
  • #205 Mancha Verde
  • #206 Colorado do Brás
  • #207 Acadêmicos do Tucuruvi
  • #208 Império de Casa Verde
  • #209 Rosas de Ouro
  • #210 Barroca Zona Sul
  • #211 Águia de Ouro
  • #212 Mocidade Alegre
  • #213 Gaviões da Fiel
  • #214 Vai-Vai

  Leia mais:

Passfolio