Fundador do Ethereum, Vitalik Buterin, critica plataformas alternativas ao Ethereum em conferência de blockchain que aconteceu em São Francisco. As plataformas seriam: EOS, NEO e Tron. Ele disse:

“Então eu notei muitos equívocos aqui. Porque, tipo, existem muitos projetos de criptomoedas ruins que tentam dizer que: “Ah, porque usamos o BFT sofisticado, podemos fazer 5.000 transações por segundo e a moedas baseadas em prova de trabalho só podem fazer 15”.

Buterin também mencionou que o consenso é o mais importante quando se fala da capacidade de um blockchain processar transações.

Ele adicionou:


Quer ganhar Bitcoins?
A gente te ajuda nisso.
Abra uma conta grátis!


 

“Há muitos equívocos horríveis dentro disso. Porque o propósito de um algoritmo de consenso não é fazer um blockchain rápido.

O objetivo de um algoritmo de consenso é manter um blockchain seguro. A maneira que a prova de trabalho funciona, torna-se inseguro se os computadores gastarem mais do que 10% do tempo realmente minerando e verificando blocos.

Bitcoin-NG ou coisas como as várias formas de prova de aposta, pode ser seguro se você ultrapassar 10%. Mas a diferença ainda é muito pequena ”.

O co-criador da Ethereum, em seguida, menosprezou blockchains de projetos que fizeram afirmações significativamente mais agressivas quanto ao seu potencial de volume de transações, dizendo:

“Quando um projeto blockchain afirma que” podemos fazer 3.500 TPS porque temos um algoritmo diferente”, o que realmente quer dizer é: “somos uma pilha de lixo centralizada porque só temos 7 nós de rede executando a coisa toda”

A última fala parece ser específica para o NEO, que na verdade tem 7 nós de consenso em execução.

Enquanto a NEO é uma plataforma blockchain para contratos inteligentes, sua intenção é bem diferente do Ethereum.

Ela não pretende ser “o computador do mundo” da mesma forma que o Ethereum. Não é minerável e não possui um mecanismo para gerar novas moedas.

Depois de alguns aplausos, Vitalik diz que há “maneiras boas e legítimas de fazer um blockchain rápido”. Ele não usa isso como uma oportunidade para suavizar o golpe em plataformas alternativas como EOS, NEO e TRON.

Em vez disso, Vitalik reforça seu duro golpe dizendo que as melhores maneiras de fazer um blockchain rápido são as soluções de escala nas camadas do Bitcoin e Ethereum.

Você gostou desse conteúdo? Nós temos muito mais! Siga e compartilhe a página do Cointimes para se manter atualizado com os conteúdos mais relevantes. Estamos em todas as mídias sociais também: FacebookTwitterInstagram.


BitPreço, o maior marketplace da América Latina. Compare os preços das principais exchanges do Brasil e mundo, e compre Bitcoin, Ethereum e USDT pelo melhor preço sempre.

Crie sua conta grátis agora!